UltimateAudioElite_950x225
Delaudio950x225
Publicidade


High End 2022 Munich – a prata da casa - Imacustica - Ajasom - Ultimate Audio - Delaudio - Artisan Audio - Topaudio - Exaudio (novo)

High End 2022 – a prata da casa - ARTISAN AUDIO

High End 2022 - Artisan Audio _Aavik I880 e Borresen M1.jpg

Na secção 'Prata da casa', chegou a vez da Artisan Audio e das marcas: Aavik, Antipodes, Burmester, Marten, Perlisten e Pilium.

Aavik

Como referi também na minha introdução, os pequenos monitores deram cartas no MOC. Foi o caso das monitoras Borresen M1 (foto de capa).

Soaram ‘grandes’ sendo pequenas, alimentadas por eletrónica Aavik Série 800, protótipos desenhados em colaboração por Michael Borresen e Fleming E. Rasmussen, esse mesmo o ‘viking’ ex-Gryphon: integrado I880, prévio C880 e amplificador de classe A P880.

Aavik INT880+ DAC

Aavik INT880+ DAC

Cablagem: novos cabos Ansuz D-TC Signature Gold Edition

Os preços são puxadotes: na casa dos 50 mil para cima…

Nota: pode ouvir uma pequena amostra do som Aavik no vídeo final.

Antipodes

Como o nome indica o Antipodes chega-nos dos antípodas: a Nova Zelândia.

Antipodes Oladra (fotomontagem de JVH)

Antipodes Oladra (fotomontagem de JVH)

A principal novidade era o streamer/server/reclocker Oladra, que combina todas estas funções num chassis único.

Em termos de velocidade de computação é uma bomba (64GB RAM), é compatível com Squeeze Server, Roon Server, HQPlayer Server, Plex Server, etc. ; pode ser ligado a um DAC externo via Ethernet (Direct Stream) ou USB assíncrono e tem extensão de capacidade de armazenamento interno até 24TB em 3 SSD. O preço anda nos 25.000 euros...

O Antipodes Oladra com colunas ativas Lyravox Karl II

O Antipodes Oladra com colunas ativas Lyravox Karl II

O Oladra foi apresentado no MOC com as colunas ‘articuladas’ Lyravox Karl II, ativas (Classe D) e com controlo por DSP.

PUB

PUB

Burmester

A Burmester estava a jogar em casa, tendo ocupado grande parte do Atrium 3.1 com a exposição estática dos seus produtos, incluindo as incríveis topo-de-gama BC350 apresentadas no High End 2019, nas quais as BC150 se inspiram.

Burmester - vasta exposição de equipamento no Atrium 3.1

Burmester - vasta exposição de equipamento no Atrium 3.1

A Burmester BC350 atraiu muitos visitantes

A Burmester BC350 atraiu muitos visitantes

Mas, ao contrário da maior parte das demonstrações de porta-aberta, a Burmester demonstrou as novidades à porta-fechada e com bilhetes marcados: amplificadores 216 (que substitui o 911) e 218, gira-discos 217 e colunas BC150.

Burmester - vista parcial do equipamento em demonstração (ver video): as BC150 foram alimentadas pelos novos amplificadores 218.

Burmester - vista parcial do equipamento em demonstração (ver video): as BC150 foram alimentadas pelos novos amplificadores 218.

Nota: agradecemos a simpatia da assistente da Burmester que nos ofereceu um bilhete para uma sessão já quase esgotada.

As BC150 são a nova 3-vias topo de gama da Burmester. Com uma impedância de 3 Ohm e 88dB de sensibilidade não são pêra-doce para amplificar – mas não para os amplificadores Burmester com os quais tocaram muito bem, depois de uma breve apresentação em alemão (ver vídeo).

As BC150 utilizam o tweeter da moda, o AMT, Air Motion Transformer e uma unidade de médios de 7 polegadas com diafragma de fibra sintética. O woofer de 12,5 polegadas está colocado lateralmente (ver foto).

O som fala por si, pois foi registado em condições de maior privacidade e sossego que a média no MOC, mas com casa cheia e sob um calor húmido insuportável, exatamente por causa da porta fechada...

Ainda por cima não falo alemão (o JVH fazia aqui falta). Mas a linguagem audiófila é universal, e acabei por perceber em parte o que o jovem André Gabriel pretendia dizer sobre o sistema.

Gira--discos Burmester

Gira--discos Burmester

As BC150 vão lá aaabaixo e têm um poder e uma naturalidade musical extraordinária. O preço, esse, vai lá muito aaacima…

A Burmester fez parceria também com a YG Acoustics

A Burmester fez parceria também com a YG Acoustics

A Burmester fez ainda uma extensa parceria com a YG Acoustics na apresentação das suas novas colunas. Como esclareci na Introdução, os ‘casamentos’ na Alemanha nem sempre coincidem com os de Portugal.

Veja em baixo o vídeo parcial da apresentação da Burmester, pois cortei a maior parte da apresentação (em alemão) e deixei apenas a música. Peço desculpa ao amável André Gabriel.

Marten

Apresentou a nova coluna Mingus Quintet II, uma 3-vias com 5 unidades ativas. A amplificação esteve a cargo dos MSB550 e os cabos são da Jorma, em homenagem à Ucrânia. Os altifalantes cerâmicos são como sempre da Accuton.

Marten Mingus Quintet II com amplificação MSB

Marten Mingus Quintet II com amplificação MSB

A diferença para a versão original assenta em 3 pilares: um novo crossover, uma nova unidade de médios e a caixa reforçada para eliminar ressonâncias.

O preço anda na casa dos 65.000 euros + taxas. A qualidade paga-se!

Nota: pode ouvir uma pequena amostra do som Marten no vídeo final.

No MOC, as monitoras Perlisten S5m foram demonstradas com amplificação Krell e fonte VPI

No MOC, as monitoras Perlisten S5m foram demonstradas com amplificação Krell e fonte VPI

Perlisten

É uma nova representação da Artisan Audio. A Perlisten distingue-se pela utilização da tecnologia patenteada Directivity Pattern Control: focagem de altas frequência a partir de uma configuração revolucionária de 3 tweeters.

No MOC, as Perlisten S5m foram demonstradas com amplificação Krell e fonte VPI (foto acima).

Apresentou o modelo R7t, uma versão mais pequena do topo de gama S7t, que utiliza o mesmo DPC Array e os mesmos woofers da Série S. O preço ronda os 20.000 euros+taxas. Amplificação D’Agostino

Perlisten Rt + Dan D'Agostino Momentum Integrated

Perlisten Rt + Dan D'Agostino Momentum Integrated

As R7t com Dan D’Agostino Momentum Integrated e fonte Meridian, em espaço semi-aberto, portanto vamos ter que as ouvir com atenção na UAE, em Lisboa.

Trouxe uma amostra para abrir o apetite:

Nota: pode ouvir uma pequena amostra do som Perlisten no vídeo final.

Pilium Alexander/Achilles + Magico A5

Pilium Alexander/Achilles + Magico A5

Pilium

A eletrónica grega Pilium casou no MOC com colunas Magico A5. Com o prévio Alexander e o amplificador Achilles, o som estava bom, a música é que nem por isso. Fazia lá falta o Miguel, o Rui ou o Jorge a passar música…

Fontes: MSB Select DAC e Taiko SGM Extreme.

Nota: pode ouvir uma pequena amostra do som Pilium no vídeo em baixo.

High End 2022 Artisan Audio Aavik I880 e Borresen M1

Aavik INT880+ DAC

Antipodes Oladra (fotomontagem de JVH)

O Antipodes Oladra com colunas ativas Lyravox Karl II

PUB

Burmester - vasta exposição de equipamento no Atrium 3.1

A Burmester BC350 atraiu muitos visitantes

Burmester - vista parcial do equipamento em demonstração (ver video): as BC150 foram alimentadas pelos novos amplificadores 218.

Gira--discos Burmester

A Burmester fez parceria também com a YG Acoustics

Marten Mingus Quintet II com amplificação MSB

No MOC, as monitoras Perlisten S5m foram demonstradas com amplificação Krell e fonte VPI

Perlisten Rt + Dan D'Agostino Momentum Integrated

Pilium Alexander/Achilles + Magico A5


UltimateAudioElite_950x225
Delaudio950x225
Publicidade