Editorial

A epopeia do áudio



Esta é a minha pátria bem amada: a da crítica áudio em língua portuguesa.


E esta é a nova página do Hificlube, a caravela que a vai levar a todo o mundo, por mares já tantas vezes navegados, em trabalhos esforçados, aquém e além mar, mais do que prometiam os meus sonhos mais ousados, entre gente remota, em Londres, Munique, Paris e Las Vegas, edificando o Reino do Highend.


Escrevendo, espalharei por toda parte as memórias gloriosas daqueles fabricantes, distribuidores e amantes, que foram dilatando a Fé no áudio, e que por obras valerosas, se vão da lei da morte libertando, se a tanto me ajudar o engenho e arte.


Dai-me agora um som alto e sublimado, dai-me a fúria grande e sonorosa, de colunas e amplificadores, e não de agreste avena ou frauta ruda, mas de tuba canora e belicosa, e tentarei descrevê-las, num estilo grandíloco e corrente.


Vereis aqui amor ao aúdio, não movido de prémio vil, mas alto e quase eterno; que não é prémio vil ser conhecido por sublimar o Império do Som.


Sois vós, leitores, a tribo do áudio, o povo heróico que me inspira e me dá forças para continuar. Sem vós nada faz sentido.


Eis a grande obra da minha vida, a epopeia da busca incessante do Graal Sónico, do Som Perfeito, que agora vos dedico.


Cesse tudo o que a Musa antiga canta,
Que outro valor mais alto se alevanta: a nova página do Hificlube!


Leiam. Gostem. Partilhem. Divulguem. Comentem. Critiquem.