UltimateAudioElite_950x225
Delaudio950x225
Publicidade


Reviews Testes

Sonus faber OMNIA - veni, vidi, vici

Sf Omnia_Cleopatra's barge-capa.jpg

Read full article in English

 

Terá sido a barca de Cleópatra a inspiração de Livio Cucuzza para a Omnia? Terá a Omnia 'anima' como os violinos? JVH especula sobre arte e tecnologia.

O design da Omnia tem a fluidez das linhas náuticas; o estilo exótico de influência egípcia e bizantina patente na arte italiana desde o Renascimento; e aquela misteriosa aura de sedutora feminilidade, com sugestões de poder sustentável e a versatilidade universal do streaming que molda o futuro.

São 480W de potência em Classe D para alimentar sete altifalantes, cumprindo assim as metas de descarbonização do consumidor consciente e amigo do ambiente.

Omnia apela à mulher moderna, que sabe o que quer; e seduz os aspirantes a audiófilos, como Cleópatra seduziu César Augusto, cujo lema de conquistador - Veni, vidi, vici - também se aplica à Omnia, pois é um produto recente com espírito vencedor: um sistema tudo-em-um moderno sem fios que pode ainda ser usado como uma versátil barra de som para TV (HDMI ARC). E consegue ser mais bonita e soar melhor que a concorrência, custando apenas 1 799,00 euros.

Omnia, a SF16 dos pobres

Omnia é a versão acessível da SF16. Assisti à apresentação mundial da SF16 em 2016 a convite da Imacustica (ver a reportagem completa aqui).

O corpo volumoso e bojudo da SF16 e os braços extensíveis motorizados inspirados na Snail original causaram na altura um grande alvoroço na imprensa hifi reunida para a ocasião solene num resort de luxo na Sardenha.

Paolo Tezzon apresenta a SF16

O preço proibitivo de +10 000 euros e a produção limitada da SF16 resultaram no relativo fiasco comercial de mais um sucesso artístico e técnico da equipa Livio Cucuzza/Paolo Tezzon, sendo hoje um artigo de colecionador.

Sf Omnia_ diagrama dos altifalantes

Sf Omnia_ diagrama dos altifalantes

Sete altifalantes num T1

A Omnia é muito mais simples que a SF16 - mas não menos bela. A frente e as costas estão envoltas num vestido de rede preta que esconde os altifalantes: duas unidades de médios com cones de pasta de papel de 3 polegadas e dois tweeters de cúpula de seda de 0,75 polegadas com motor de Neodymium.

O woofer de longa excursão do subwoofer tem cone de alumínio de 6,5 polegadas e dispara para baixo sobre uma lente de dispersão de onda.

Sf Omnia - frente (em cima) e costas com painel de ligações

Sf Omnia - frente (em cima) e costas com painel de ligações

Na parte de trás, encontra-se o painel de entrada, numa posição pouco acessível, com ligações para Power, HDMI ARC, LAN/Ethernet, uma mini-DIN de seis pinos para o dongle e um interruptor Phono/Line.

… a beleza do acabamento da tampa identifica imediatamente a Omnia como descendente da nobre linhagem Sonus faber…

Grelhas em forma de quarto crescente cobrem as extremidades, onde se alojam as unidades ativas de 1,75 polegadas de cúpula invertida, que compõem o sistema Crescendo, controladas por DSP para expandirem o palco sonoro: uma versão virtual dos braços motorizados expansíveis da SF16.

A cereja no topo

A beleza do acabamento da tampa em contraplacado folheado a nogueira (também disponível em grafite preto acetinado) identifica imediatamente a Omnia como descendente da nobre linhagem Sonus faber.

Três barras horizontais iluminam-se a branco (apenas a primeira é temporariamente ativada quando o volume muda) e executam o espetáculo de luz de abertura. Depois, utilizando o controlo remoto de plástico barato, pode baixar a luminosidade ou desligá-las. Eu gosto delas acesas.

Omnia com alma

Com o som alto, a placa de madeira vibra ligeiramente, por isso suspeito que Paolo Tezzon a tenha ‘afinado’ com uma espécie de ‘alma’(anima), como se fosse a caixa de um violino, aproveitando a vibração para contribuir positivamente para o som. Claro que estou apenas a especular, mas isso é algo que Paolo certamente tentaria fazer.

Sf Omnia_um design intemporal a par do tempo moderno

Sf Omnia_um design intemporal a par do tempo moderno

SENSO faz sentido

Talvez vá precisar de algum tempo para perceber como funciona a interface sensível ao toque SENSO. Por exemplo, as ações de ligar/desligar ou play/pause dependem mais do tempo certo durante o qual se mantém o dedo sobre a barra de código de cores mais pequena do que a pressão aplicada.

Também pode deslizar o dedo (funciona melhor com dois dedos como alguns smartphones Android) para mudar a seleção de fonte. Na maioria das vezes sem sucesso, pelo que tem de recorrer ao controlo remoto.

Acesso direto a Deezer e TuneIN

Acesso direto a Deezer e TuneIN

De qualquer modo, na prática, tudo o que precisa é de um dedo e um smartphone para navegar pelo código de cores do streaming (todas as entradas mudam automaticamente excepto Phono) e pode assim atracar sucessivamente na cor das luzes de cada porto: Spotify Connect (verde), Tidal Connect (azul claro/turquesa), Qobuz, Deezer, TuneIN via Ethernet, Chromecast (amarelo), AirPlay2 (branco), Qualcomm AptX HD e Bluetooth AptX HD (azul).

Pode até falar com a Omnia, uma vez que suporta Siri e Google Assistant.

Dongle para ligação de gira-discos e /ou leitor CD

Dongle para ligação de gira-discos e /ou leitor CD

Roon ready

A Omnia é também Roon Ready (roxo), o meu 'GPS' preferido para navegar no mundo do streaming de música. Mas a Sonus faber foi suficientemente simpática para nos fornecer um dongle que pode usar para ligar também um gira-discos na parte de trás (selecionar Phono) ou um leitor de CD (selecionar Linha).

Omnia é também Roon Ready, o meu GPS preferido para navegar no mundo do streaming de música…

Descobri uma entrada USB escondida pela grelha lateral do lado esquerdo, e fiquei entusiasmado com a hipótese de suportar uma pen ou disco rígido, mas de acordo com Livio: 'Essa é uma porta de serviço. Não para música, apenas para nós fazermos atualizações de software ou diagnóstico’.

Sf Omnia_ retirando a grelha lateral podem ver-se as unidades ativas de 1,75 polegadas de cúpula invertida, que compõem o sistema Crescendo. À esquerda a entrada USB da porta de serviço

Sf Omnia_ retirando a grelha lateral podem ver-se as unidades ativas de 1,75 polegadas de cúpula invertida, que compõem o sistema Crescendo. À esquerda a entrada USB da porta de serviço

É pena porque não há outra maneira de tocar os ficheiros de música digital a não ser através de streaming.

Se tiver música desmaterializada (ficheiros WAV ou FLAC até 192kHz) no seu computador, numa drive ou num NAS, só pode aceder a ela através do Roon, que não é barato.

Nota: encontrei uma forma barata de o fazer, que lhe revelarei dentro de um minuto se tiver paciência.

Omnia não vem com App nativa dedicada. Tem de utilizar a aplicação própria de cada serviço de streaming: Spotify, Qobuz ou Tidal...

Bluetooth dá para tudo

Mesmo sem acesso a wifi, ainda pode ouvir Spotify ou Tidal, emparelhando o seu telefone com a Omnia via Bluetooth. Mas, claro, obtém um som muito melhor via wifi, nomeadamente através da ligação Ethernet.

Acesso direto por Spotify Connect via Bluetooth ou Chromecast

Acesso direto por Spotify Connect via Bluetooth ou Chromecast

A Omnia não vem com App nativa dedicada. Tem de utilizar a aplicação própria de cada serviço de streaming: Spotify, Qobuz ou Tidal, etc.

Acesso direto por Tidal Connect via Bluetooth ou Chromecast

Acesso direto por Tidal Connect via Bluetooth ou Chromecast

MQA e DSD com Roon

A Omnia não é compatível com MQA, por isso, se subscreve a Tidal, não obterá som de qualidade Master. Também não é compatível com DSD. A menos que tenha uma assinatura Roon, caso em que pode reproduzir ambos os tipos de ficheiros.

Omnia com Roon: processo detalhado de conversão DSD/PCM176,4 (esq.) e MQA 192 para 96kHz (first unfolding)

Omnia com Roon: processo detalhado de conversão DSD/PCM176,4 (esq.) e MQA 192 para 96kHz (first unfolding)

Roon fará a primeira conversão do MQA até 96kHz (a Omnia é usada apenas como renderizador), e também reproduzirá ficheiros DSD convertidos para PCM 176,4kHz (ver foto).

mconnectLite

Reprodução de ficheiro flac/24bit/352.8kHz com mconnectLite via Chromecast

Reprodução de ficheiro flac/24bit/352.8kHz com mconnectLite via Chromecast

Há, no entanto, uma forma barata de contornar tudo isto. Descarregue a aplicação mconnectLite (gratuita), que lhe dará acesso não só a Tidal ou Qobuz (precisa de subscrever, claro), mas também a qualquer ficheiro de música armazenado no seu computador ligado à mesma rede. E funciona sem falhas para ficheiros até 24/352kHz, mesmo que faça downsampling.

MQA 352.8 convertido para flac/24 bit/44.1kHz com mconnectLite via Chromecast

MQA 352.8 convertido para flac/24 bit/44.1kHz com mconnectLite via Chromecast

O menu secreto

Ligar a Omnia à sua rede doméstica pode ser algo confuso, uma vez que o manual é pouco menos que inútil.

Se possuir um iPhone, utilize a aplicação Apple Home. Com Android, recorra ao Google Home, que vai pedir as credenciais da sua rede.

A aplicação irá então mostrar-lhe um pequeno ícone de configuração na parte superior do ecrã. Percorra o campo até abaixo, e verá o Omnia IP. Insira-o no seu browser, e ser-lhe-á mostrado um menu secreto de configuração avançada (ver foto). O QR code nunca funcionou.

Sf Omnia  _ menu oculto de controlo de Crescendo; Loudness Maximizer e Room Placement

Sf Omnia _ menu oculto de controlo de Crescendo; Loudness Maximizer e Room Placement

Nunca teria adivinhado a sua existência, pois não há nenhuma referência no manual. E aposto que muitos que compraram a Omnia online nem sabem que este menu especial existe.

Portanto, é essencial comprar a Omnia num distribuidor oficial como a Imacustica. Eles mostrar-lhe-ão o caminho para o Nirvana sem ter de sofrer as provações da aprendizagem à sua custa.

Neste menu de definições avançadas, além de poder mudar de wifi automático para wifi sem fios ou Ethernet por cabo, permite ligar/desligar três funções essenciais, por exemplo:

  •  Crescendo
  •  Colocação (perto da parede/ afastada da parede)
  •  Reforço de graves

O botão Crescendo irá ligar/desligar os altifalantes de emissão lateral. E se eles fazem diferença! A colocação perto ou longe da parede é auto-explicativa. Quanto ao Maximizador de graves funciona como a velha função "Loudness", aumentando o contributo dos graves (3dB) nas audições noturnas a nível baixo.

No entanto, agora esta função é controlada por DSP e funciona automaticamente: reduz o reforço de graves à medida que se aumenta o volume até ser desativado para evitar demasiados graves quando o som está muito alto.

Sf Omnia - um estilo que se adapta a todos os ambientes

Sf Omnia - um estilo que se adapta a todos os ambientes

Crescendo cresce consigo

Experimente todas estas configurações enquanto ouve música, e verá que fazem uma enorme diferença na qualidade do som.

Regras de ouro:

  • manter o ‘Maximizador’ desligado;
  • mudar para a posição 'near wall' se a Omnia estiver próxima da parede frontal;
  • manter Crescendo ligado com música clássica e jazz e desligado com pop e rock a níveis elevados.

Desligar o sistema Crescendo faz colapsar o palco sonoro enquanto melhora o foco geral. A diferença é tão aparente que perderá imediatamente o efeito holográfico e a amplitude virtual, mas a textura e a estrutura da gama média ganha mais corpo.

Terá também um grave melhor, mais tenso, mais impactante, incrivelmente afinado e extenso, embora necessite de aumentar um pouco o volume para compensar a saída dos dois altifalantes em falta.

Mas soará ainda mais monofónico, claro. Um som mais semelhante ao do Naim MuSo, que não passa de um caixote de sabão feio, por comparação.

Perspetiva acústica ampla

Mudar para Crescendo é como mudar de uma lente de 50mm para uma de 24mm. Obtém-se uma perspetiva muito mais ampla e mais arejada do palco sonoro, embora os elementos que o compõem passem a ter virtualmente menos densidade e focagem. O som pode ficar um pouco ‘desfasado’ com música algo espaventosa nos médio-agudos: sintetizadores, pratos, metais, etc. As vozes soam sempre bem e nunca nasaladas.

No final, aposto que irá manter o Crescendo sempre ligado, mesmo com música pop, quanto mais não seja porque soa espetacular e envolvente.

Se procura o melhor sistema de transmissão sem fios tudo-em-um que também é a barra de som mais bonita do mercado, não procure mais. Ciao, Livio!

Foi pena a Sonus faber não ter ido um pouco mais longe e permitir algum tipo de igualização do Crescendo em vez da opção mais radical de ligar/desligar apenas. Mas é sempre possível usar as definições DSP do Roon para domar os agudos médios eventualmente em excesso com o Crescendo ligado. Ou também pode usar uma espuma fina debaixo das grelhas…

Ciao, Livio!

Se procura o melhor sistema de transmissão sem fios tudo-em-um que também é a barra de som mais bonita do mercado, não procure mais. Ciao, Livio!

A Omnia soa tão bem que em breve o fará esquecer o seu velho sistema hi-fi que levou anos a montar.

Omnia=família feliz

A sua mulher vai amá-lo ainda mais, quando finalmente se livrar de todas aquelas peças de museu do áudio, que atraem pó e nas quais não deixa ninguém tocar; e aqueles horríveis caixotes de altifalantes montados sobre bicos de aço ameaçadores e os cabos a espreitar debaixo do tapete.

Os seus filhos vão olhar para si com outros olhos (afinal o cota não é assim tão antiquado). E lutarão todas as manhãs para serem os primeiros a ligarem-se à Omnia, isto quando não for você a chegar mais cedo à sala: Veni, vidi, vici.

Para mais informações contacte:

IMACUSTICA

Sf Omnia Cleopatra's barge capa

Sf Omnia_ diagrama dos altifalantes

Sf Omnia - frente (em cima) e costas com painel de ligações

Sf Omnia_um design intemporal a par do tempo moderno

Acesso direto a Deezer e TuneIN

Dongle para ligação de gira-discos e /ou leitor CD

Sf Omnia_ retirando a grelha lateral podem ver-se as unidades ativas de 1,75 polegadas de cúpula invertida, que compõem o sistema Crescendo. À esquerda a entrada USB da porta de serviço

Acesso direto por Spotify Connect via Bluetooth ou Chromecast

Acesso direto por Tidal Connect via Bluetooth ou Chromecast

Omnia com Roon: processo detalhado de conversão DSD/PCM176,4 (esq.) e MQA 192 para 96kHz (first unfolding)

Reprodução de ficheiro flac/24bit/352.8kHz com mconnectLite via Chromecast

MQA 352.8 convertido para flac/24 bit/44.1kHz com mconnectLite via Chromecast

Sf Omnia _ menu oculto de controlo de Crescendo; Loudness Maximizer e Room Placement

Sf Omnia - um estilo que se adapta a todos os ambientes


UltimateAudioElite_950x225
Delaudio950x225
Publicidade