2011

Ces 2011_parte 3_ Famous Last Words: Acapella, Chapter, Eggleston, Kondo, Kr, Luxman, Magnepan, Mastersound, Morel, Ntt, Rogue, Vtl, Zanden

Ces 2011_parte 3_ Famous Last Words: Acapella, Chapter, Eggleston, Kondo, Kr, Luxman, Magnepan, Mastersound, Morel, Ntt, Rogue, Vtl, Zanden






Il Pallazo, iluminado na noite de Las Vegas como um amplificador a válvulas

(ao fundo à direita, o Venetian)





  ACAPELLA
 
 



Não sabem tocar mal. Com amplificação a válvulas Einstein ou outra qualquer. Aquele tweeter Coronna de plasma (o mesmo das Lansche) é tão bom que nos deixa todos arrepiados. Se bem que já não há pachorra para ouvir o Hotel California, dos Eagles.
 
 
 


Um grupo de chineses ouvia-as com atenção, enquanto tomava notas. Pretenderiam comprar ou...copiar?


CHAPTER
 
 

 

Um capítulo a não perder na novela da CES 2011. O amplificador cúbico de referência (classe D) é espectacular de ver e ouvir.
 
 
EGGLESTON WORKS
 
 

 
 
Já se venderam por cá. Depois estiveram ausentes durante anos. Parece que alguém vai pegar nelas outra vez. É uma boa coluna de som com excelente construção.
 
 
HANSEN
 
 

 

 
Eis o video que faltava: a Hansen exibiu a King E com amplificação Tenor. A imagem é péssima (sala à escuras) mas o som é óptimo.
 
 

KONDO
 
 


Reza a lenda que estes são os verdadeiros criadores da Audio Note, os tais dos transformadores de fio prata enrolado à mão.


The Reincarnation of Dormant Art, reclamam-se eles. Talvez um pouco esotérico de mais para o meu gosto.
 
 

KRONZILLA
 
 
 










Já vos tinha falado da KR, mas a foto e o video do Kronzilla DX MkII tinha desaparecido na confusão do meu arquivo. Em boa hora os encontrei para vos provar como estas válvulas gigantes (as maiores do mundo!) têm um som delicioso de tríodo com colunas Consensus Conspirancy. A fonte era um velho Sony XA9000ES mas o DAC era da Audio Synthesis.




LUXMAN
 
 


A Luxman continua a ter um lugar importante na galeria das grandes marcas do passado. Provavelmente terão mudado de mãos, e as actuais já não têm nada a ver com as originais.


Mas como colunas Vivid conseguiram criar um agradável cenário visual e acústico.


MAGNEPAN
 
 

 

Volto com prazer à Magnepan. No video que vos apresentei em directo de Las Vegas, apenas se reproduz um excerto da fanfarra. Aqui ofereço-lhes a versão integral com o glorioso brilho dos metais, tal como o ouvi no Flamingo. A ligeira distorção que se ouve a espaços deve-se a 'overload' do microfone da minha câmara de filmar.


Nota: o video tem 3 minutos, mas vale a pena ouvi-lo até ao fim.


MASTERSOUND
 
 


Eu sei que os tempos não estão para arriscar em novas marcas no mercado nacional, ainda por cima a válvulas. Mas os italianissimos Mastersound tocam que se fartam. Grande som de válvulas: carnudo e saboroso.


As colunas Revolver Cygnis estavam obviamente encantadas com a luminosa companhia italiana.


MOREL+TECHNICAL BRAIN



 

  

Não conhecia a amplificação Technical Brain. Mas já conhecia a senhora gorda de um fim-de-semana passado juntos num hotel de Cascais – honi soit...
 

 

A excelência do agudo e a coerência geral do som voltou a impressionar-me. A gorda pode não ser lá muito bonita mas tem uma alma linda – e uma voz de soprano lírico a la Monserrat Caballé


NTT
 


Não são as Wilson Alexandria, embora se esforcem por parecê-lo. Mas sou o primeiro a ter de admitir que estavam a tocar muito bem com amplificação Pass.


O fabricante jurava a pés juntos que se eu lhe desse a ouvir um som melhor no Venetian que me dava 100 dólares.
 
Como eu já tinha ouvido pelo menos cinco sons melhores, fiquei tentado a ganhar 500 paus para arriscar na roleta.





ROGUE



 








 


Tal como a Wilson a Magnepan emprestou colunas a vários fabricantes. O Rogue Audio Cronus Magnum integrated amplifier alimentava um par de Magnepan 1.7.


Dentro da sua gama de trabalho, as Magnepan são inexcedíveis de musicalidade.


VTL
 

 
 

Quem viu a VTL e quem a vê. Longe vão os tempos dos amplificadores artesanais e feiosos. Design moderno e som tradicional.











O que mais impressiona nos VTL a válvulas é a sensação de potência disponível. Com colunas Avalon prenderam a atenção de ouvintes maduros e sabedores.




ZANDEN+WILSON
 



Mais uma sala em que a Wilson pontificou. Acossado de perto pela Magico, Dave não se furtou a esforços e havia colunas Wilson por tudo quanto era sala. Sophia tocava Bach no cravo. Bem, como sempre.
 
 
IR PARA PARTE 1/ GOTO PART ONE
 



 
 
 


Ces 2011 parte 3 Famous Last Words: Acapella, Chapter, Eggleston, Kondo, Kr, Luxman, Magnepan, Mastersound, Morel, Ntt, Rogue, Vtl, Zanden