HIGHEND 2015 - MUNIQUE - REPORTAGEM

HIGHEND 2015 - MUNIQUE - PARTE 7

Os bávaros não gostam só de futebol (Bayern) e cerveja (Franziskaner), também gostam de hifi.

O rio de audiófilos que se dirigia para o M.O.C. ameaçava transbordar as margens. Na Sexta-feira, afluentes de visitantes desaguavam no estuário da Caixa, e pouco depois já era impossível circular nos corredores e entrar nas salas, muito menos arranjar um lugar sentado.

Nas vastas áreas de exposição do MOC, os auscultadores atraem multidões de audiófilos que prezam a privacidade e o descanso da família (e dos vizinhos, ao contrário dos meus...).

Nas vastas áreas de exposição do MOC, os auscultadores atraem multidões de audiófilos que prezam a privacidade e o descanso da família (e dos vizinhos, ao contrário dos meus...).

Aproveitei para fazer uma incursão rápida no território da exposição pura e dura, por oposição à demonstração pura – e, por vezes, também dura -, onde também havia muita gente mas há mais espaço para circular, porque, com excepção de alguns auditórios-contentor, não é preciso esperar à porta para entrar.

Era chegada a altura de dar uma volta a pé cá por baixo, pelo jardim zoológico de novos produtos acessíveis, auscultadores, giradiscos e outras coisas que tal, algumas que olhos nunca viram, muito menos ouvidos ouviram, como a NAT.

Já vi válvulas enormes na minha longa vida audiófila, mas nunca como esta NAT, um tríodo de transmissão capaz de gerar mais de 100W em Classe A

Já vi válvulas enormes na minha longa vida audiófila, mas nunca como esta NAT, um tríodo de transmissão capaz de gerar mais de 100W em Classe A

Não, não é o Nat King Cole, é uma válvula de transmissão do tamanho de um garrafão que funciona como tríodo em Classe até 140W. Pelo menos foi o que ele disse, porque nem sequer estava a tocar, mas lá que fica bem na fotografia isso fica.


Aqui passeia-se nas alamedas com nomes de músicos e cantores famosos, como quem anda no jardim zoológico com a família.

No MOC havia cartazes das Once por todo o lado. Não cheguei a ouvi-las tocar, porque aquilo era mais uma exposição de esculturas que uma demonstração de colunas de som.

No MOC havia cartazes das Once por todo o lado. Não cheguei a ouvi-las tocar, porque aquilo era mais uma exposição de esculturas que uma demonstração de colunas de som.

Há 'animais' exóticos, ambiente no qual o Highend de Munique é imbatível: sobretudo quando se trata de giradiscos e cornetas, não há nenhum show no mundo com tantos exemplares estranhos:

Audel Art Loudspeakers: artísticas como o nome indica.

Audel Art Loudspeakers: artísticas como o nome indica.

Geometric Technology: os nomes que eles inventam para justificar opções técnicas mais do que discutíveis...

Geometric Technology: os nomes que eles inventam para justificar opções técnicas mais do que discutíveis...

Kyron Audio, mais uma coluna hightech para um som lowtech...

Kyron Audio, mais uma coluna hightech para um som lowtech...

Pearl Evolution, uma tentativa para pensar 'fora-da-caixa'...

Pearl Evolution, uma tentativa para pensar 'fora-da-caixa'...

Roberts Audio: um rádio digital DAB para a Barbie que há em si...

Roberts Audio: um rádio digital DAB para a Barbie que há em si...

SoundKaos: com o nome destes não admira que o som fosse...eh...caótico, apesar do esforço abnegado da electrónica Nagra

SoundKaos: com o nome destes não admira que o som fosse...eh...caótico, apesar do esforço abnegado da electrónica Nagra

Cornetas Yamamura Crawley: mestre Yamamura san estava presente, já muito idoso, de bengala, mas não desiste do projecto de uma vida.

Cornetas Yamamura Crawley: mestre Yamamura san estava presente, já muito idoso, de bengala, mas não desiste do projecto de uma vida.

Mas também há muitas marcas conhecidas e populares, de preços mais convidativos, e outras do reino do highend mas que, por qualquer motivo , não arranjaram sala nos espaços nobres dos andares superiores, a que não são alheios os preços exorbitantes pelas salas de demonstração, na base da lei da procura e da oferta. Como me comfessou Renate Paxa, secretária-geral: 'um dia vamos ter de parar de crescer...'. Numa época em que nada cresce, antes decresce, só isto mostra o poder da economia alemã, também no áudio.

Aurender Flow: go with the flow, a alta resolução portátil

Aurender Flow: go with the flow, a alta resolução portátil

Aurender N10: caching network music player

Aurender N10: caching network music player

Aurender N100H

Aurender N100H

Ayon: o classicismo austríaco a válvulas

Ayon: o classicismo austríaco a válvulas

Ayre, em boa companhia, no décimo aniversário da Vivid

Ayre, em boa companhia, no décimo aniversário da Vivid

Cambridge Audio, hifi acessível e versátil, respondendo às duas principais necessidades do mercado: preço e qualidade.

Cambridge Audio, hifi acessível e versátil, respondendo às duas principais necessidades do mercado: preço e qualidade.

Cambridge 851N streamer - 851W flagship amp

Cambridge 851N streamer - 851W flagship amp

Digibit Mini Music Server: a Digibit tem vindo a merecer a atenção dos media especializados, embora não dispense a atenção devida ao Hificlube. Aqui fica um acto de solidariedade ibérica...

Digibit Mini Music Server: a Digibit tem vindo a merecer a atenção dos media especializados, embora não dispense a atenção devida ao Hificlube. Aqui fica um acto de solidariedade ibérica...

Hegel, uma marca alemã que é agora distribuida em Portugal pela Ajasom.

Hegel, uma marca alemã que é agora distribuida em Portugal pela Ajasom.

Hegel P20 + H20

Hegel P20 + H20

Kuzma, a solidez massiva da liga de bronze ao serviço do áudio analógico

Kuzma, a solidez massiva da liga de bronze ao serviço do áudio analógico

Lehmann Audio, uma marca de produtos acessíveis distribuida em Portugal pela Support View

Lehmann Audio, uma marca de produtos acessíveis distribuida em Portugal pela Support View

Lehmann Traveller, um DAC de bolso para viajar com a música.

Lehmann Traveller, um DAC de bolso para viajar com a música.

Pro-Ject, produtos acessíveis e pequenos para quem o highend é uma miragem e o espaço um problema doméstico

Pro-Ject, produtos acessíveis e pequenos para quem o highend é uma miragem e o espaço um problema doméstico

Pro-Ject RPM3 Carbon

Pro-Ject RPM3 Carbon

Pro-Ject Frida, arte analógica

Pro-Ject Frida, arte analógica

E muitas, mas muitas bancas de demonstração de auscultadores, de todos os tipos e tecnologias. Eu evito 'experimentar', porque sei lá por quantas cabeças aquilo já andou, mas nem sempre resisto, porque a tentação é grande e o prazer da audição compensa o risco de 'apanhar piolhos':

Os Audeze LCD 8 estão finalmente disponíveis. Eu quero uns!

Os Audeze LCD 8 estão finalmente disponíveis. Eu quero uns!

Audeze CLX, qualidade absoluta, privacidade total

Audeze CLX, qualidade absoluta, privacidade total

Os Oppo PM3 numa versão pura e branca, muito feminina, e claramente apontada para a audição em movimento

Os Oppo PM3 numa versão pura e branca, muito feminina, e claramente apontada para a audição em movimento

Sennheiser, o stand estava sempre muito concorrido, sendo uma marca de grande prestígio junto dos audiófilos

Sennheiser, o stand estava sempre muito concorrido, sendo uma marca de grande prestígio junto dos audiófilos

Sennheiser Orpheus, o mais icónico modelo da marca

Sennheiser Orpheus, o mais icónico modelo da marca

Ultrasone auscultadores: tentei tudo para fotografar o novo modelo Ultrasone 5, mas o tipo não os largava nem por nada. Olha, ficou também na fotografia, e pronto...

Ultrasone auscultadores: tentei tudo para fotografar o novo modelo Ultrasone 5, mas o tipo não os largava nem por nada. Olha, ficou também na fotografia, e pronto...

Os bávaros não gostam só de futebol (Bayern) e cerveja (Franziskaner), também gostam de hifi.

Nas vastas áreas de exposição do MOC, os auscultadores atraem multidões de audiófilos que prezam a privacidade e o descanso da família (e dos vizinhos, ao contrário dos meus...).

Já vi válvulas enormes na minha longa vida audiófila, mas nunca como esta NAT, um tríodo de transmissão capaz de gerar mais de 100W em Classe A

No MOC havia cartazes das Once por todo o lado. Não cheguei a ouvi-las tocar, porque aquilo era mais uma exposição de esculturas que uma demonstração de colunas de som.

Audel Art Loudspeakers: artísticas como o nome indica.

Geometric Technology: os nomes que eles inventam para justificar opções técnicas mais do que discutíveis...

Kyron Audio, mais uma coluna hightech para um som lowtech...

Pearl Evolution, uma tentativa para pensar 'fora-da-caixa'...

Roberts Audio: um rádio digital DAB para a Barbie que há em si...

SoundKaos: com o nome destes não admira que o som fosse...eh...caótico, apesar do esforço abnegado da electrónica Nagra

Cornetas Yamamura Crawley: mestre Yamamura san estava presente, já muito idoso, de bengala, mas não desiste do projecto de uma vida.

Aurender Flow: go with the flow, a alta resolução portátil

Aurender N10: caching network music player

Aurender N100H

Ayon: o classicismo austríaco a válvulas

Ayre, em boa companhia, no décimo aniversário da Vivid

Cambridge Audio, hifi acessível e versátil, respondendo às duas principais necessidades do mercado: preço e qualidade.

Cambridge 851N streamer - 851W flagship amp

Digibit Mini Music Server: a Digibit tem vindo a merecer a atenção dos media especializados, embora não dispense a atenção devida ao Hificlube. Aqui fica um acto de solidariedade ibérica...

Hegel, uma marca alemã que é agora distribuida em Portugal pela Ajasom.

Hegel P20 + H20

Kuzma, a solidez massiva da liga de bronze ao serviço do áudio analógico

Lehmann Audio, uma marca de produtos acessíveis distribuida em Portugal pela Support View

Lehmann Traveller, um DAC de bolso para viajar com a música.

Pro-Ject, produtos acessíveis e pequenos para quem o highend é uma miragem e o espaço um problema doméstico

Pro-Ject RPM3 Carbon

Pro-Ject Frida, arte analógica

Os Audeze LCD 8 estão finalmente disponíveis. Eu quero uns!

Audeze CLX, qualidade absoluta, privacidade total

Os Oppo PM3 numa versão pura e branca, muito feminina, e claramente apontada para a audição em movimento

Sennheiser, o stand estava sempre muito concorrido, sendo uma marca de grande prestígio junto dos audiófilos

Sennheiser Orpheus, o mais icónico modelo da marca

Ultrasone auscultadores: tentei tudo para fotografar o novo modelo Ultrasone 5, mas o tipo não os largava nem por nada. Olha, ficou também na fotografia, e pronto...