2006

Ces 2006 - Highlights 15: A Feira



Las Vegas Convention Center, Southhall


Naquele mundo em total efervescência electrónica, quais foram os temas que suscitaram mais interesse dos media? Além do Windows Vista, a possibilidade de fazer downloads de áudio (XM) e vídeo (televisão em directo: concertos, desporto) para telefones, laptops, rádios portáteis com MP3 (do tamanho de telefones celulares como o Inno da Pioneer, e o Helix, da Samsung) com ligação a satélites e afins e memória de estado sólido. Mas isso para nós tem um interesse relativo, até porque depende muito de podermos vir a usufruir desta tecnologia de transmissão em Portugal.
Televisor de plasma Full HD da LG de 102 polegadas a 1080p


O que talvez possa vir a ter algum interesse num futuro próximo (?) é o vídeo de alta definição (HD_DVD e Blu-Ray) e, por consequência, os projectores, televisores LCD e de plasma (ambos ultrapassados por novas tecnologias de que falaremos mais à frente) com resolução de 1080p (1920 x 1080).
Foto de jogo da Playstation 3 em Blu-ray


E ainda algo que está anunciado há muito e me deixou completamente rendido: Playstation 3. E logo eu que não ligo a jogos de computador! Os jogos de corrida de carros nunca se pareceram tanto com uma emissão em directo em alta resolução como em Blu-Ray. Aliás, todos os jogos apresentados tinham uma qualidade de imagem e um realismo nos movimentos absolutamente fantástico. Esqueça a actual X-Box 360. A Microsoft tem já em adiantado processo de produção um leitor externo HD-DVD e, consta, outro para Blu-Ray, ambos compatíveis com a X-Box 360. Mas a Playstation 3 é um passo tão grande em direcção à perfeição que não adivinho nada que se lhe possa comparar nos próximos cinco anos. Não sei mesmo se não me vou converter e passar a escrever na imprensa sobre jogos com som e imagem de alta definição (a alta fidelidade foi chão que deu uvas...).
Sony Playstation 3 e respectivo joystick


A Sony meteu a Playstation 3 numa redoma e não deixou ninguém tocar-lhe, limitou-se a passar videoclips dos jogos em Blu-Ray num ecrã de plasma de alta resolução (1080p). Mas se o que eu vi é representativo do que está para vir, il n'y a plus rien...
Stand da Sony na CES 2006


O que nos reporta para outro problema: qual dos formatos de altadefinição será o formato do futuro? Assisti às conferências de imprensa da Toshiba/HD-DVD (que acabou com palmas e abraços claramente orquestrados) e da Pioneer/Blu-Ray (que tinha quatro vezes mais jornalistas). Ora se é verdade que grandes comícios não significam grandes votações nas eleições, as sondagens apontam para a vitória do Blu-Ray. Aliás, todos os estúdios, com excepção da Universal, já passaram para o lado do Blu-Ray.
Montra c/filmes já editados (mas não comercializados ainda) em Blu-Ray


Primeiros 20 filmes editados em Blu-Ray pela Sony:


The Fifth Element, Bram Stoker’s Dracula, Desperado, For a Few Dollars More, The Guns of Navarone, Hitch, House of Flying Daggers, A Knight’s Tale, Kung Fu Hustle, The Last Waltz, Legends of the Fall, Resident Evil Apocalypse, Robocop, Sense and Sensibility, Stealth, Species, SWAT, XXX. Black Hawk Down e, pasme-se!, The Bridge on the River Kwai, em discos de 50 GB, dual-layer Blu-ray.
Ou seja: salta à vista (literalmente) que o negócio é ir mudando de formato para nos obrigar a comprar os mesmos filmes over and over again, como já aconteceu com o SACD. Também vi excertos de, Chicken Little (ver video) e Fantastic Four (efeitos especiais fantásticos!) e outros anunciados como Geisha, Ice Age, The Chronicles of Narnia, Constantine, Into the Blue, e the last but not the least, The da Vinci Code. A coisa promete.


Mais filmes em Blu-ray:


Paramount: Four Brothers, Sahara, Aeon Flux, Sky Captain and the World of Tomorrow, The Italian Job, Tomb Raider, U2: Rattle and Hum, Sleepy Hollow, We Were Soldiers, The Manchurian Candidate e ainda: Mission: Impossible III, que também vão ser editados em HD-DVD só para chatear e baralhar o pessoal.


Fox: Fantastic Four, The League of Extraordinary Gentlemen, Behind Enemy Lines, Kiss of the Dragon, Ice Age.


Liongate: Lord of War, The Punisher, The Devil's Rejects, Saw, T2: Judgment Day, Reservoir Dogs, Total Recall, Dune, Rambo: First Blood, See No Evil.



As armas da Toshiba são discos com maior capacidade e mais fáceis de fabricar, aparelhos mais baratos e o nome DVD, que é universalmente reconhecido. As da Sony/Pioneer são a maior segurança na encriptação(muito importante para os estúdios) e resolução (1080p), diversificação de títulos e o facto de a Playstation 3, que vai custar 500 euros, reproduzir os discos de filmes e jogos. O Blu-Ray tem 5x mais capacidade que o DVD (já foi anunciado um disco Blu-Ray com 100GB de capacidade para aplicações informáticas!), 5x mais velocidade («bit-rate'), 7-1 canais de som de alta resolução, é interactivo (leitores com ligação à net para se poder jogar em grupo) e permite cópias pessoais!!
Imagem (foto do ecrã!) do filme de animação Chicken Little em Blu-Ray


Vi filmes em ambos os formatos e a diferença está mais na qualidade do original que no formato. Se a imagem do original for má, nem o Blu-Ray a salva, ou pior, ainda agrava mais...
Pioneer: comparativo 1080p-480i


Quanto à resolução, as técnicas de upscaling aproximam o DVD convencional perigosamente da qualidade do Blu-Ray, como provou a Pioneer, que reproduziu cópias do mesmo DVD (ao contrário do que dizem outros jornalistas não era um disco Blu-Ray), em ecrãs colocados lado a lado a 1080p (à esquerda) e 480i (à direita) com clara vantagem para o primeiro. Mas isso já todos nós sabemos.
Stand da Hitachi na CES


Os ecrã de plasma a 1080p têm de facto uma imagem deslumbrante (o protótipo da Hitachi de 55 polegadas c/ 2.97 mega-pixels e contraste de 5000: 1 era absolutamente extraordinário: a melhor imagem que vi na CES), só que ainda não há conteúdos a 1080p comercializados (a não ser por meio de upscaling de DVD ou filmes promocionais em alta definição), e quando houver só podem ser transmitidos entre o leitor e o monitor por HDMI 1.3. Aqui entre nós, vale a pena comprar um plasma de alta resolução para ver a TV-Cabo? Duvido...