2006

Ces 2006 - Highlights 14: Casais Felizes



Para esta nova secção, optei por publicar as fotos não-editadas, isto é, sem alterar o enquadramento original. Deste modo, os leitores ficam com uma ideia mais próxima do ambiente (sala) em que os sistemas foram demonstrados. Por razões que têm a ver com o 'peso específico', as fotos publicadas não fazem justiça aos originais, mas é o preço a pagar para não ter que esperar uma eternidade até que apareçam no ecrã. Eis o álbum de fotografias dos noivos com alguns comentários breves para não perturbar os momentos de felicidade conjugal


ACAPELLA+EINSTEIN

Um som que nos envolve e acalenta a alma. Nos últimos anos, o som alemão tem vindo a justificar ser a Alemanha o berço dos maiores compositores do mundo.

E aquele tweeter de plasma deixa-me hipnotizado como o olho do computador HAL, de 2001, Odisseia No Espaço. Só que este tem bom carácter...


AUDES+BAT

Tonal e harmonicamente rico. E com bom ritmo, a avaliar pelo bate-pé do jazzman que se vê na foto em imersão total no som...


AVALON+HOVLAND

A Eidolon Diamond é a melhor coluna de sempre da Avalon. E os Hovland Stratos não as deixaram ficar mal. O som enquadrava-se no ambiente: escuro e manso mas cheio de microdinâmica e microcontraste. Muito Bom.


CABASSE+BELCANTO

Muito raramente me deixo fotografar. Mas este era um momento histórico (e sempre ficam com ideia das dimensões da coluna). A Cabasse concebeu La Sphere, a esfera acústica perfeita. Para mim, o melhor som que ouvi em Las Vegas. Só é pena os 150 000 euros que pedem por elas. Nota: as bases são provisórias e há um concurso internacional para designers para o modelo de produção.


COINCIDENT+MANLEY

Orgulho americano e com fortes motivos para isso: bom som.


DALI+MCINTOSH

Um “affaire” internacional, um casamento de conveniência que resultou numa demonstração de força e classe.


DARTZEEL+VON SCHWEIKERT

Nestas condições, só equipamento de grande qualidade consegue reproduzir som desta forma sublime. Os DarTzeel vão ainda dar muito que falar...


DTS+PMC

Monitores profissionais PMC artilhados por amplificação Bryston e excertos de discos editados pela DTS. Gostei mais do casamento com a Halcro o ano passado. O som continua demasiado alto. Melhor nos concertos ao vivo que nos filmes de acção. Fiz vários vídeos (muito curtos para não se tornarem pesados) que podem abrir clicando no ícone amarelo no topo da página. Como só posso publicar um de cada vez, vou mudando. Naveguem por aqui mais vezes.


Nota importante: Tenho uma cópia do “sampler” da DTS com os videoclips originais para oferecer ao primeiro que responder a esta pergunta: Qual foi o som de que eu gostei mais na CES 2006?


GALLO+SPECTRON

Uma sala enorme completamente “prenhe” de som por um par de colunas minúsculo (sem subwoofer! mas com o amplificador de graves das Gallo Reference 3). Um dos grandes sons de Las Vegas. Se ainda houvesse dúvidas, elas dissiparam-se...


KRELL+RUNCO

A experiência cinematográfica total em som e imagem (e movimento: cadeiras dinâmicas). E o videoclip final da Guerra das Estrelas: A Vingança de Sith, foi projectado a 1080p! De cortar a respiração...


MCINTOSH


Aqui não houve casamento, ficou tudo em família. Uma família da Mafia não teria feito melhor: o sistema de sonho da McIntosh não deixou pedra sobre pedra. Ali quem manda é ele. Caramba!, que poder de fogo...


REIMYO+HARMONIX

As colunas Bravo Consequence estavam em tão boa companhia (fonte+amplificação Reimyo+cabos Harmonix) que a...consequência... só podia ser um som de qualidade. De muita qualidade, diga-se...


TAD+PASS

Com as TAD Model One (e a mesma amplificação Pass), o som estava melhor o ano passado, mas as Model Two só ficaram um degrau abaixo...


VANDERSTEEN+AUDIO RESEARCH

As Quattro ano após ano, no mesmo local, à mesma hora, com amplificação Cary ou Audio Research, deixam-me sempre encantado. Grande coluna de som. E as Five ainda são melhores...


VIVID+PATHOS

Olhando bem, são, de facto, estranhas, mas o som não tem nada de estranho...


VONGAYLORD+LEGEND

Mesmo com refrigeração (ver Highlights 10: válvulas), ou talvez por causa disso mesmo, o som é quente e envolvente. Mas o preço de 60 000 euros arrefeceu-me a alma...


WILSON+BAT

Havia vários pares de Wilson Maxx II no Alexis/The Show. E não é fácil fazê-las cantar em apenas três dias. Mas o pessoal da BAT conseguiu.