2005

Ces 2005 Gira-discos - Highlights 4




BASIS Work Of Art

Não há dúvida que é uma autêntica obra de arte. Foi apresentado o ano passado na CES2004. Mas não me deixaram fotografá-lo, porque, e cito, a minha fotografia nunca lhe faria justiça. Qual é o meu espanto quando vejo publicado na Stereophile um anúncio manhoso da Basis com uma fotografia a preto e branco do Work Of Art. Esta é a minha vingança artística: a minha foto é bem melhor que a foto oficial. Alumínio, acrílico, suspensão hidráulica e sistema de vácuo para «achatar» os discos e amortecer as ressonâncias. Ah, e 60 000 dólares apenas !...


Nota: Tenho toda a informação sobre o produto (em inglês) que posso enviar por fax a quem estiver interessado.


CONTINUUM AUDIO LABS

Uma revelação vinda da Austrália: um gira-discos maravilhoso (refiro-me também ao som) com um motor ultrasilencioso alimentado a baterias e uma variação de velocidade de 0,006%.

O braço, denominado «The Cobra», é fabricado a partir de fibra de «cannabis»!! Não admira que custe 50 000 dólares...



CAIN e CAIN

Aqui entre nós «cain» ganem os cães. Por lá soam a música. E este gira-discos «custom-made» em madeira, metal e acrílico não é excepção.



TIM DE PARAVICINI

Apresentou o se primeiro gira-discos de $9 000. Algo estranho, mas estava a tocar bem. Tem um subprato activado por cinta de borracha, mas o prato em Corian propriamente dito está magneticamente suspenso sobre o subprato gira isolado deste (!?). Não digo mais nada, disse o Tim. Tá bem, não digas, olha para a minha cara de preocupado...



FILOSOFIAS DIFERENTES


O Kuzma e o SPJ La Luce são duas soluções diferentes para um mesmo problema. Tão diferentes, aliás, veja-se o peso de um e a leveza (e beleza) do outro, que um deles tem de estar errado. Ou estarão os dois certos in their own way?...



SOLDADO DESCONHECIDO

Às vezes acontece-me: disparo a câmara mas não depois não sei sobre o que disparei. Vou acabar por descobrir. Mas para já fica foto. Alguém me pode ajudar?...