2004

Highend2004/parte 10: Nad A Pure Digital



N


NAD
O NAD773, apresentado este ano em Las Vegas, exibia orgulhoso os 90 pontos atribuídos pela revista Audio (alemã). Como únicos pontos negativos num mar de elogios, a falta de controlo de sincronização labial e Pro Logic II. No mesmo teste comparativo, o Rotel RSX 1067, mil euros mais caro, atingiu os 100!


NaimUm leitor escreveu-me da Suécia(!), queixando-se por eu não ter referido a Naim na minha reportagem. Aqui fica o reparo. A Naim apresentou as novas colunas Ariva (€2 000/par). Nota: têm sloped baffle e não são as da foto, sorry.


New Audio Frontiers

Tríodos 845 em Classe A (24W). Junto com o amplificador Kondo (On Gaku), a 47 Labs e as colunas Helix, esta foi uma das iguarias servidas por Gerd Kühn na casa Black Forest.


North Star

Design interessante do M192 Digital Combo que, garante o fabricante, não utiliza OP-amps ou condensadores no caminho do sinal. O transporte é do tipotoploade os conversores D/A 24/192.
O


Octave
Para quem acha que o «granito» dos Octave é pesado de mais (para a carteira também!...), o novo integrado V70 é uma hipótese a considerar. E há ainda o prévio V40 no mesmo chassis.


Oheocha

«Weird» é o termo para definir as Oheocha. Já não bastava o ar extraterrestre e metálico do ET que se vê a direita em baixo na foto. Agora o modelo D-1F4RX funciona sem fios. O sinal é digitalizado e enviado por ISM 2.4GHZ. E também são autoamplificadas (activas). Mais notável ainda é o facto de, ao contrário das variantes FM, o sinal não se degradar durante a transmissão: tem resolução suficiente para SACD e DVD-Audio a 32-bit/192kHz!! A base é o amplificador e o «chapéu», que se vê em cima, não é um tweeter, é uma antena digital...


OnkyoExibiu em Munique o primeiro leitor-DVD do mundo com HDMI (áudio e vídeo) com dualpath (retorno de clock).


P



Pass
O Pass, aqui com as Stradivari, no megateste comparativo, foi o amplificador «independente» mais utilizado no «Show» (ver Parte 2).



Penaudio
De seu nome Charade (começam todas por CH), as novas Penaudio serão talvez a resposta às minhas angústias, depois de ter testado o conjunto Rebel2/Chara (teste será publicado em breve). As Charade são um «monovolume» inspirado no conjunto Charisma/Chara, mas com recurso a um altifalante de 8 polegadas. Por muito que as Rebel2 (segundo a Penaudio as Charisma são muito melhores) me tenham agradado, apesar das óbvias limitações físicas, juntar-lhes os «subs» dedicados Chara não foi uma panaceia, antes pelo contrário.



Piega
De «piegas» não têm nada. A primeira vez que as ouvi em NY alimentadas por Halcros fiquei siderado. Aquela unidade de médios e agudos de fita é uma obra-prima da tecnologia áudio. Desta vez, e apesar das válvulas, achei o som frio e não me senti inspirado. Acho que a Piega cedeu ao gosto alemão pelo analítico. Em Roma sê romano...


Pure DigitalUm sistemazinho integralmente digital (incluindo DAB) com um design muito menos «evocativo» que o Evoke. Muito interessante.