Reviews Testes

Prima Luna EVO 400: evolução na continuidade

Prima Luna EVO 400 - on fire.jpg

Sobre as virtudes (e defeitos) dos amplificadores a válvulas, escrevi em 2003 uma crónica, sob o título ‘Doce mentira’, publicada no suplemento DNA do Diário de Notícias, de que vou transcrever hoje livremente alguns excertos.

Permitam-me abrir com uma das ideias ‘românticas’ desenvolvidas no texto:

Um amplificador a válvulas é como um velho amor, ao qual jurámos nunca mais voltar, até que um dia o passado invade o presente… e o coração só vê nele o envolvimento emocional, a musicalidade, a doçura da voz e aquela auréola luminosa, que brilha no escuro, como um fogo que arde sem se ver.’

Enfim, toda a crónica é escrita neste registo algo poético, quiçá serôdio, logo ultrapassado, num tempo em que qualquer tipo ‘com o boné (e as ideias) ao contrário’ pode fazer uma ‘análise moderna’ de 5 minutos no YouTube, mesmo que esteja apenas a papaguear uma série de lugares comuns e informação sacada da press-release, sem qualquer noção da realidade.

No dia em que um amplificador, sobretudo a válvulas, for apenas isso: uma coisa material que se compra e vende, sem que a vertente emocional seja chamada à colação, a crítica áudio bateu no fundo, e eu afundo-me com ela. Haverá sempre, claro, ‘críticos de cortiça’ que flutuam, porque não têm substância, e não carregam com eles o peso da história.

Em 2004, publiquei uma crítica também no DNA sobre o Prima Luna Prologue One, intitulada ‘O sol quando nasce…’, em dupla versão bilingue (ambas disponíveis em pdf no final deste artigo). Tudo o que lá escrevi, então, podia ser escrito agora sobre o Prima Luna EVO400 integrado, como:

‘Cheio, luxuriante, requintado, luminoso, envolvente, líquido, transparente, 'humano' são todos atributos clássicos do som das válvulas, algo que os detratores garantem não ser mais que o efeito hipnótico da luz, aliada à distorção de segunda harmónica, em mentes demasiado crédulas. Será então tudo apenas uma questão de fé?...’

Significa isso que, tal como nos dogmas religiosos, a Prima Luna não evoluiu, desde a Prologue Series, a que se seguiu a Dialogue One, Two e HP Premium e agora a EVO, de que este excelente integrado EVO400 é a estrela principal?

Digamos que a plataforma, como se diz agora, é robusta, tecnicamente com provas dadas, suportada na qualidade dos transformadores, na soldadura ponto-a-ponto, sem recurso a placas de circuito, e na polarização automática, que lhes confere enorme flexibilidade, pois permite o exercício de ‘tube swapping’ sem limitações ou afinações complexas e demoradas.

E o que é o tube swapping?

Já ouviram falar nos “swingers”? Não me refiro aos cantores de “swing”, mas aos casais que trocam de par. Os audiófilos fazem o mesmo com as válvulas. Neste caso, a mudança é também reversível – e não sem sequelas, pois ambas deixam profundas marcas emocionais. Depois de experimentar as fogosas KT150, a sua vida vai mudar para sempre. E as mais meigas EL34 não lhe vão perdoar… 

Nos EUA, chamam-lhe “tube swapping”, que consiste em substituir as válvulas de origem por outras equivalentes, consoante o tipo de som que se pretende.

O Prima Luna EVO 400 é compatível com: 6L6G, 6L6GC, 7581A, EL34, EL37, 6550, KT66, KT77, KT88, KT90, KT120 e KT150.

O Prima Luna EVO 400 é compatível com: 6L6G, 6L6GC, 7581A, EL34, EL37, 6550, KT66, KT77, KT88, KT90, KT120 e KT150.

Neste contexto, o EVO 400 é um autêntico ‘bordel audiófilo’, porque o ‘AutoBias’ é tão eficaz que é possível montar, não apenas conjuntos de válvulas de todos os tipos, mas também uma válvula de cada tipo. E continua a tocar!...

Claro que esta é uma experiência limite, o normal é, por exemplo, substituir as mais ‘românticas’ EL34 de origem pelas ‘troppo vivace’ KT150. E ainda podemos utilizar ambas como tríodos, embora sejam pêntodos, bastando clicar no controlo remoto.

Quando do caos aparente, nasce a harmonia envolvente

Prima Luna: construção robusta, design sóbrio e funcional, técnica apurada ao longo dos anos.

Prima Luna: construção robusta, design sóbrio e funcional, técnica apurada ao longo dos anos.

Já percebeu que esta análise é caótica, se lida pelos padrões vigentes das linhas obrigatórias da ortodoxia crítica: introdução, descrição, audição, conclusão.

Ao traço definido e metódico, mas frio, do transístor, eu prefiro a mão trémula do pintor de vácuo, guiada pelo ardor da paixão; e, perante a precisão matemática dos ângulos e das perspetivas, não receio assumir a convivência caótica das linhas de força e a ambiguidade das sombras.

Do aparente caos de formas e cores, deve nascer um objeto artístico. A Arte não tem de ser a própria natureza, ou a sua imitação fiel, pois não está limitada pela realidade'.

A minha escrita, enquanto arremedo de Arte literária, também não tem de estar limitada por coisa nenhuma. Chama-se a isto liberdade de expressão, ou liberdade artística. Porque a crítica não é uma ciência, é uma exposição de quadros de opinião, uns mais bem pintados do que outros. A não ser que prefira gravuras...

Tradição não significa estagnação

Para a PrimaLuna, tradição não significa estagnação: a essência mantém-se e inova-se no que, mesmo sendo acessório, flexibiliza a utilização dos amplificadores e a fruição do som característico das válvulas.

Assim, a função AutoBias (ajuste automático de polarização) e a possibilidade de selecionar no controlo remoto, sem interrupção da audição, os modos tríodo e ultralinear de um mesmo conjunto de válvulas, são uma revolução na continuidade, pois já vem dos HP Premium.

Estas inovações alargam o horizonte das experiências auditivas possíveis, que permitem ao audiófilo decidir qual o ‘tipo’ de som que mais lhe agrada, que até aqui se limitavam à substituição insana de cabos. E tudo isto sem ter de trocar de amplificador...

Eis algo que, com os amplificadores de estado sólido, é impraticável, ou seja: mudar os transístores de potência de bipolares para MosFet com o controlo remoto!

Prefere o som mais recuado e relaxante do modo tríodo ou a dinâmica e projecção do ultralinear? Basta clicar e o led passa de verde (tríodo) para vermelho (ultralinear).

As válvulas são como os rebuçados: cada cor, seu paladar

KT 150 'and the fire down under'

KT 150 'and the fire down under'

Das clássicas EL34, às mais vigorosas KT88 e KT120, ou mesmo às notáveis KT150, da Tung Sol, from Russia with love, agora adotadas por quase todos os fabricantes, depois da Audio Research as ter divulgado com a sua linha Galileo, que testei para a Hifi News, na edição de Jan 2015 (ver também em Artigos Relacionados).

Basta calçar a luva branca e substituir uma a uma as 8 válvulas, que estão no palco do poder, enquanto as 6 x 12AU7 se mantêm impávidas na linha da frente, como uma guarda pretoriana inamovível.

Já a ‘política sonora’ das fações EL e KT é muito diferente: as EL são da linha moderada, as KT da ala radical. E, se alguma se portar mal, leva com o led vermelho e tem de ser substituída.

Os Prima Luna aceitam-nas a todas, como filhas do deus do som, sem distinção ou discriminação. Mudam-se as válvulas, mudam-se as vozes e as vontades: mais ou menos potência, mais ou menos dinâmica, transparência e resolução, mas não se muda uma vírgula ao texto da Constituição do Vácuo:

‘A audição dos amplificadores a válvulas deve produzir em nós uma indefinível sensação de bem-estar, tanto no plano emocional como físico: a ilusão de presença, de espaço e principalmente de profundidade do palco sonoro deve ser real, palpável, e não apenas mais uma ilusão para enganar o povo.’

Prima Luna EVO 400 integrado com válvulas KT 150: do som perfumado de canela das EL34 de origem para o aroma musical da alfazema.

Prima Luna EVO 400 integrado com válvulas KT 150: do som perfumado de canela das EL34 de origem para o aroma musical da alfazema.

Durante a audição, fiz amplo recurso à comutação tríodo/ultralinear, até chegar à conclusão que este último modo de funcionamento é mais ‘universal’, adaptando-se facilmente a todos os tipos e géneros musicais, soando mais controlado, dinâmico, claro (brilhante) e com mais presença e ataque. 

De referir, que isso se deve também, em grande parte, ao facto de o amplificador debitar quase o dobro da potência em modo ultralinear.

O modo tríodo é assim mais relaxante e intimista, talvez mais natural e orgânico; talvez até, admito, com mais ‘alma’, mas com menos ‘ânimo’, passe a aparente contradição, pois a raiz etimológica é a mesma, o significado é, contudo, um pouco diferente...

Last but not the least, o amplificador de auscultadores utiliza todos os recursos do amplificador a válvulas, incluindo os modos tríodo/pêntodo ultralinear, e não apenas um sucedâneo baseado num amplificador operacional montado num simples ‘chip’ de 5 dólares.

Dificilmente, conseguirá comprar um amplificador integrado de estado sólido, com esta qualidade de som por este preço;

Dificilmente, conseguirá comprar outro amplificador integrado a válvulas, com esta qualidade de som por este preço.

Para mais informações: IMACUSTICA

Prima Luna EVO400 integrado

  • Com válvulas EL34 4 850,00
  • Com válvulas KT88 5 570,00
  • Com válvulas KT120 5 610,00
  • Com válvulas KT150 6 210,00

Características

  • Potência: 70W/canal (EL34)
    Ultra-linear: (8Ω, 1% THD)
    Tríodos: 38W/canal (EL34); (8Ω, 1% THD)
    Entradas
    5 x Stereo RCA
    Stereo RCA HT Bypass
    Saídas:
    4 & 8 Ω
    RCA Stereo/Mono Subwoofer
    Stereo RCA Tape Out
    1/4" Headphone
    Resposta em Frequência:
    9Hz-50kHz +/- 1dB
    8Hz-68kHz +/- 3dB
    THD:
    < 0.1% @ 1W
    < 2% @ Rated Power
    Relação S/R: 93dB, 93dbA
    Sensibilidade de entrada: 320mV (EL34)
    Impedância de entrada: 100kΩ
    Consumo: 255W
    Válvulas
    6 - 12AU7
    8 - EL34
    Dimensões (L x A x P): 15.2" x 8.1" x 15.9"
  • Peso: 34 quilos!

Prima Luna EVO 400 on fire

O Prima Luna EVO 400 é compatível com: 6L6G, 6L6GC, 7581A, EL34, EL37, 6550, KT66, KT77, KT88, KT90, KT120 e KT150.

Prima Luna: construção robusta, design sóbrio e funcional, técnica apurada ao longo dos anos.

KT 150 'and the fire down under'

Prima Luna EVO 400 integrado com válvulas KT 150: do som perfumado de canela das EL34 de origem para o aroma musical da alfazema.

Prima Luna Prologue One 'O sol quando nasce...'


AbsoluteSounds950x438
Publicidade