Notícias

Wilson Audio Alexx V atuam no palco da Imacustica-Lisboa

CA150-Coltrane-blue copy2.jpg

Nota prévia: Com JVH a sofrer de uma ciática impertinente (e dolorosa), Pedro Henriques sacou do seu telemóvel e substitui-o no ensaio geral do espetáculo de apresentação aos lisboetas das Alexx V, depois do sucesso na loja da Invicta.

Logo no dia da apresentação, publiquei dois vídeos na nossa página de Facebook, que dão uma pálida ideia daquilo que se ouve ao vivo.

NOVO: no final desta reportagem podem abrir no You Tube um vídeo com som direto gravado ao vivo na Imacustica-Lisboa.

Por outro lado, as fotografias que publico aqui, obtidas com um telemóvel, ajudam a estabelecer o contexto da audição, mas são mudas, pelo que não passam de mais um incentivo para que os leitores visitem pessoalmente a loja da Imacustica-Lisboa para ouvir as novas Alexx V, que são uma versão a meio caminho entre as Alexx originais, que JVH testou para a revista Hi-Fi News (abrir pdf em inglês aqui), e as XVX, a versão comercial das Wamm, que terão sido o maior sucesso de sempre em termos de apresentações públicas na Imacustica (veja aqui e aqui). 

As Alexx V, no auditório principal da Imacustica, ainda em fase de afinação

As Alexx V, no auditório principal da Imacustica, ainda em fase de afinação

Em Lisboa, as Alexx V foram acompanhadas pela mesma 'banda' de apoio que atuou no Porto, composta por amplificação DarTZeel NHB18NS/NHB468 e fonte dCS Model One, com cablagem Transparent Audio. A propósito, se querem saber o que JVH pensa do 'som DarTZeel, não percam a leitura do teste do CTH8550II aqui.

Cabos Transparent/DarTZeel NHB468/Wilson Audio Alexx V

Cabos Transparent/DarTZeel NHB468/Wilson Audio Alexx V

Não sendo um especialista na matéria, tenho uma vida inteira de experiências feita, pois desde criança que fui 'exposto' ao vírus do high-end e terei ouvido mais equipamentos topo de gama que a maior parte dos leitores do Hificlube.

Mas isso não faz da minha opinião uma referência definitiva, pelo que sugiro que vão ouvir ao vivo. Ou então, estejam atentos, porque na próxima 3ª feira, de manhã, se tudo correr bem, faremos mais uma reportagem em direto para o Facebook, com as limitações técnicas que isso implica. 

Grande Auditório Imacustica - Lisboa. Em primeiro plano, um gira discos Tech DAS Air Force III.

Grande Auditório Imacustica - Lisboa. Em primeiro plano, um gira discos Tech DAS Air Force III.

Quando visitei a Imacustica, as Alexx ainda estavam em fase de colocação e fine tuning, ao cuidado de Luís Campos, como se pode constatar pelas fitas métricas estendidas no chão do auditório. Mas como diria o outro, se isto já toca assim agora, só posso adivinhar o que será depois...

DarTZeel NHB468 monobloco, em vermelho Ferrari... e ouro!

DarTZeel NHB468 monobloco, em vermelho Ferrari... e ouro!

Do pouco que ouvi, pareceu-me que as Alexx V são mais transparentes e rápidas que as originais, que já eram muito boas. A ambiência lendária de Jazz At The Pawnshop foi recriada com muito realismo, assim como a projeção do saxofone e a míriade de harmónicos dos pratos. Palco amplo, em todas as dimensões.

Preço amplo também. Mas não paga nada para as ouvir...

A Alexx V estreia um novo tweeter CSC (Convergent Synergy Carbon)

A Alexx V estreia um novo tweeter CSC (Convergent Synergy Carbon)

Já no Barbeiro de Sevilha, um dos registos que fiz ao vivo e pode ouvir no Facebook, a soprano Sonia Ganassi deu 'água pela barba' ao novo tweeter das Alexx V, que é basicamente o mesmo utilizado nas Wamm.

Este poder fez-me lembrar um artigo, que o meu pai publicou na revista Audio 'As mulheres são um problema' (clique sobre o título para abrir), a propósito da dificuldade técnica que é gravar e reproduzir uma voz de soprano em toda a sua amplitude.

Alexx V - bornes de ligação

Alexx V - bornes de ligação

Como as Wamm não voltam mais, e não consta que as XVX estejam a caminho de Lisboa, aconselho uma vez mais os leitores a aproveitar para ouvir 'the next best thing': as Alexx V, que, se conheço bem o Luís Campos, a esta hora, já devem estar 'no ponto'.

Alexx V  - ajuste mecânico de fase geométrica.

Alexx V - ajuste mecânico de fase geométrica.

Para mais informações: IMACUSTICA

Alexx V/DarTZeel nhb 18ns/468

Som direto gravado 'ao vivo' no Auditório da IMACUSTICA-LISBOA

CA150 Coltrane blue copy2

As Alexx V, no auditório principal da Imacustica, ainda em fase de afinação

Cabos Transparent/DarTZeel NHB468/Wilson Audio Alexx V

Grande Auditório Imacustica - Lisboa. Em primeiro plano, um gira discos Tech DAS Air Force III.

DarTZeel NHB468 monobloco, em vermelho Ferrari... e ouro!

A Alexx V estreia um novo tweeter CSC (Convergent Synergy Carbon)

Alexx V - bornes de ligação

Alexx V - ajuste mecânico de fase geométrica.

'As mulheres são um problema' by JVH in Audio Setembro 1989


AbsoluteSounds950x438
Publicidade