Reviews Testes

Avantgarde Duo Mezzo XD - audição crítica de JVH

Mezzo front_14.jpg

O que distingue as Avantgarde das colunas convencionais salta logo à vista: são as cornetas esféricas, sobretudo quando se vestem de cores garridas;

No site da Avantgarde pode optar nesta foto interactiva por escolher uma das 11 cores de cornetas disponíveis (além dos painéis e até do chão da sala). Eu optei por este Ruby Brilliant Red.

No site da Avantgarde pode optar nesta foto interactiva por escolher uma das 11 cores de cornetas disponíveis (além dos painéis e até do chão da sala). Eu optei por este Ruby Brilliant Red.

o que distingue o modelo Duo Mezzo XD das outras colunas Avantgarde com caixa de graves, como os modelos Uno e Duo XD, é a carga por corneta ‘expo-spheric’ no lugar da mais vulgar carga ‘reflex’;

o que distingue as ‘cornetas’ da Avantgarde da concorrência é o facto de serem fabricadas em Portugal, que domina o mercado na área de moldes de plástico de elevada precisão;

o que distingue as Duo Mezzo de outras colunas convencionais é só precisarem de um watt (1 watt, leu bem!) para debitar 107 dB a 1 metro de distância (os graves são reproduzidos por 2 altifalantes de 10 polegadas alimentados por um amplificador de 1000W em Classe D);

o que distingue as Avantgarde é a velocidade dos transientes, porque não utilizam ‘crossover’ nos médios e agudos (os graves são regulados por DSP);

o que distingue as Avantgarde é a forma como projectam o som, como uma enorme bola de sabão transparente, que nos permite ‘ver’ o seu interior e detectar os mais pequenos pormenores na mistura.

As Avantgarde Trio + 4 X Basshorn em demonstração na UAE - Porto

As Avantgarde Trio + 4 X Basshorn em demonstração na UAE - Porto

As Trio+ 6X Basshorn são a experiência máxima proporcionada pela Avantgarde. Mas não são propriamente discretas  exigem amplo espaço: em casa e na carteira (152.000€). Todos os outros modelos das Séries Zero (desde 15.400€), Uno (desde 17.500€) e Duo (desde 32.000€) são compromissos mais ou menos assumidos para atingir o mesmo objectivo.

Por um preço de 46.500 €, as Duo Mezzo XD são talvez a melhor forma de conviver, em termos domesticamente aceitáveis, com os princípios tecnológicos e a filosofia da Trio+Basshorn.

Depois do choque inicial (acústico e visual), há quem diga que já não se consegue voltar para trás. O genial (e banido) slogan publicitário criado por Fernando Pessoa para a Coca-Cola, repetido ad nauseam a propósito de tudo e de nada, aplica-se aqui com propriedade: primeiro estranha-se, depois entranha-se…

A boa notícia é que os interessados (e os curiosos) podem agora ouvi-las – sem custos ou compromissos - no auditório da Ultimate Audio, em Benfica, onde foram apresentadas por Jérôme André e depois demonstradas por Miguel Carvalho com base num menu musical digital e analógico variado de que apresentamos apenas um excerto aos 4:29 para abrir o apetite: Besame Mucho, por Xiomara Laugart (Chesky).

Audição crítica

As Mezzo foram ouvidas apenas por prazer e sem grandes preocupações críticas, no auditório principal da Ultimate Audio Elite.

Foto do sistema integral com as Avantgarde Duo Mezzo XD, no auditório principal das UAE - Lisboa

Foto do sistema integral com as Avantgarde Duo Mezzo XD, no auditório principal das UAE - Lisboa

Como fonte analógica um giradiscos Luxman PD-171A, com célula ‘óptica’ SD Acoustics e respectivo processador phono; e para os ficheiros digitais o T+A SDV3100HD Music Server (utilizado como fonte no registo sonoro acima).

Luxman PD-171A

Luxman PD-171A

Já vimos que os graves das Mezzo são activos (com regulação de todos os parâmetros por DSP) e, como as cornetas de médios e agudos são muito sensíveis e de elevada impedância, a sua amplificação esteve a cargo de um amplificador a válvulas Shindo Labs Montille CV391 de apenas 20W (2 ou 3 W chegavam!...) e respectivo prévio Monbrison.

Prévio a válvulas Shindo Monbrison

Prévio a válvulas Shindo Monbrison

Amplificador Integrado a válvulas Shindo Montille (20W)

Amplificador Integrado a válvulas Shindo Montille (20W)

O som das Mezzo é ‘seco’ sem nunca ser adstringente, com um grave muito controlado e rápido (pode ser regulado a gosto), ainda que sem a extensão a que os ‘Bass Horns’ nos habituaram, mas com grande impacte dinâmico.

As cornetas são por natureza direccionais, mas a 3 – 4 metros de distância estas Mezzo recriam um palco amplo, sólido, estável, com excelente focagem, que se distingue pela iluminação viva e a notável claridade na apresentação de todos os intervenientes em palco.

Com as Mezzo nada nos é deixado à imaginação no escuro do palco ou perdido na mistura, tudo nos é dado a ver à luz do dia com excepcional detalhe e recorte fino, o que torna a audição numa experiência excitante e recompensadora.

Mezzo é o tipo de coluna que denuncia imediatamente qualquer alteração a montante: das fontes aos cabos.

Atenção: o cérebro habitua-se mais facilmente a um menu rico que a uma dieta pobre em informação, pelo que se ressente quando confrontado com colunas mais ‘escuras’ e menos ‘generosas’ em proteína harmónica e vitamina D (de detalhe). As Mezzo podem tornar-se viciantes…

Avantgarde Uno Fino no auditório 2

As Uno Fino no auditório 2 da UAE - Lisboa

As Uno Fino no auditório 2 da UAE - Lisboa

No auditório 2, Rui Calado montou um par de Uno Fino, que são uma versão mais compacta das Uno XD e utilizam um novo tweeter, alimentadas por integrado Luxman a válvulas LX-380 (em versão vintage) e, como fonte, um leitor-SA(CD) Accuphase DP-560.

leitor-SA(CD) Accuphase DP-560

leitor-SA(CD) Accuphase DP-560

Integrado Luxman a válvulas LX-380 (em versão vintage)

Integrado Luxman a válvulas LX-380 (em versão vintage)

O sistema estava ainda em fase de afinação crítica (DSP) e escolha de cabos, pelo que optei por não reproduzir aqui as gravações efectuadas ou fazer quaisquer comentários. Digamos que são as Mezzo numa escala menor, conforme ao preço e ao tamanho.

Entretanto, o Rui já me informou que o processo de afinação está concluído e o som no ponto, pelo que os leitores estão convidados a voltar ou a fazer uma primeira visita, desta vez, hélas, não para comer uma sandocha e beber um fino, mas para ouvir as…Fino – no seu melhor.

Mezzo front 14

No site da Avantgarde pode optar nesta foto interactiva por escolher uma das 11 cores de cornetas disponíveis (além dos painéis e até do chão da sala). Eu optei por este Ruby Brilliant Red.

As Avantgarde Trio + 4 X Basshorn em demonstração na UAE - Porto

Foto do sistema integral com as Avantgarde Duo Mezzo XD, no auditório principal das UAE - Lisboa

Luxman PD-171A

Prévio a válvulas Shindo Monbrison

Amplificador Integrado a válvulas Shindo Montille (20W)

As Uno Fino no auditório 2 da UAE - Lisboa

leitor-SA(CD) Accuphase DP-560

Integrado Luxman a válvulas LX-380 (em versão vintage)