Editorial

whiskey analogico

Highland Park LP12 -Special Edition (Salon Hifi Paris 2013)

No meu tempo do analógico, descobri que vodka era o melhor para limpar a agulha. A Linn aposta no malte de 40 anos. Limpa a agulha e lava a alma...


No Salon Hifi de Paris 2013 (ver Artigos Relacionados), a Linn comemorou os 40 anos do famoso giradiscos LP12, com uma versão especial fabricada a partir de madeiras de cascos de carvalho, no qual a Highland Park envelheceu durante 40 anos o uísque com o qual a Linn decidiu brindar os compradores dos 40 exemplares produzidos.


A Mind The Music (ver Artigos Relacionados), empresa que distribui a Linn em Portugal, anuncia que tem 'ambos' (o giradiscos e o malte de 40 anos!) disponíveis na sua loja. Claro que só tem direito à garrafa quem comprar o LP12, mas acredito que haja por lá uma garrafita aberta para o pessoal 'molhar o bico' da... agulha!


Esta ideia não é nova. Já a Tannoy, outra empresa orgulhosamente escocesa (pelo menos na origem), tem a sua 'produção' própria de uísque, como se provou - é o termo correcto - na sala da Viasónica, no Audioshow 2012:

Tannoy Glengoyne 10 anos (especialmente engarrafado para José Lopes)

Tannoy Glengoyne 10 anos (especialmente engarrafado para José Lopes)

Em 2007, no Sheraton - Porto, a KEF também se exibiu a bom nível com um par de garrafas de tinto que, valha-nos Nossa Senhora, não era inglês, mas de um colheita seleccionada da Quinta do Barão!


Contudo, o maior êxito da associação entre audições e libações aconteceu em Las Vegas, em 2002, quando Luís Pires e João Gonçalves apresentaram as Harpa Quarteto, na CES, em parceria com a Basis, agraciando os visitantes com Porto Vintage e outros 'líquidos preciosos'.


E passo a transcrever um excerto do texto, que então publiquei no DNA- Diário de Notícias (ver Artigos Relacionados):

Luis Pires e João Çonçalves na CES 2002 (Alexis Park, Las Vegas)

Luis Pires e João Çonçalves na CES 2002 (Alexis Park, Las Vegas)

'Luis Pires, normalmente introvertido, exibia um modesto sorriso de orelha a orelha sempre que a sua célula de leitura Benz LP era preferida pelos visitantes a uma Clearaudio dez vezes mais cara. E juro-lhes que não foi efeito do Porto ou do Moscatel de Setúbal com que recebiam os visitantes mais ilustres, porque as doses foram judiciosamente racionadas. Tal como o «Alvarinho» e o tinto do Douro, escondidos debaixo do balcão para acompanhar os «fumados».'


Agora comparem isto com a 'água polarizada' que Peter Belt vendia engarrafada e que melhorava a audição quando bebida sem moderação, segundo Jimmy Hughes (esse mesmo que estão a pensar!) que eu quase 'engoli' também, nos idos dos anos 90, e que recordo aqui num excerto de um texto de 2006, que é também uma homenagem à memória de Lou Reed:


'Na minha longa experiência, já passei pela fase técnica, quando eu próprio construía as colunas e os amplificadores que utilizava para ouvir música;


pela fase do deslumbramento, quando comecei a fazer reportagens no estrangeiro e a ouvir equipamentos, que só conhecia das revistas, assim como quem encontra pela primeira vez ao vivo a Miss Playboy, de Setembro;


pela fase metafísica, quando julguei perceber; logo, a poder expressar melhor por escrito, aquilo que eu ouvia para lá do que era imediatamente óbvio para toda a gente;


e pela fase espiritual (ou será espírita?), quando Peter Belt quase me convenceu que dominava as forças ocultas da natureza que nos impediam de ouvir o verdadeiro som, utilizando amuletos de plástico foleiro magnetizado (?) que vendia a preços obscenos (!).


Actualmente, estou na fase céptica: ouvir para crer e, mesmo assim, tal como Lou Reed canta em 'Last great american whale': 'don't believe half of what you see and none of what you hear'...

They say he didn't have an enemy
        his was a greatness to behold
        He was the last surviving progeny
        the last one on this side of the world

        He measured a half mile from tip to tail
        silver and black with powerful fins
They say he could split a mountain in two
        that's how we got the Grand Canyon

        Last great American whale
        last great American whale
        Last great American whale
        last great American whale

        Some say they saw him at the Great Lakes
        some say they saw him off of Florida
        My mother said she saw him in Chinatown
        but you can't always trust your mother

        Off the Carolinas the sun shines brightly in the day
        the lighthouse glows ghostly there at night
        The chief of a local tribe had killed a racist mayor's son
        and he'd been on death row since 1958

        The mayor's kid was a rowdy pig
        spit on Indians and lots worse
        The old chief buried a hatchet in his head
        life compared to death for him seemed worse

        The tribal brothers gathered in the lighthouse to sing
        and tried to conjure up a storm or rain
        The harbor parted, the great whale sprang full up
        and caused a huge tidal wave

        The wave crushed the jail and freed the chief
        the tribe let out a roar
        The whites were drowned, the browns and reds set free
        but sadly one thing more

        Some local yokel member of the NRA
        kept a bazooka in his living room
        And thinking he had the chief in his sight
        blew the whale's brains out with a lead harpoon

        Last great American whale
        last great American whale
        Last great American whale
        last great American whale

        Well Americans don't care for much of anything
        land and water the least
        And animal life is low on the totem pole
        with human life not worth more than infected yeast

        Americans don't care too much for beauty
        they'll shit in a river, dump battery acid in a stream
        They'll watch dead rats wash up on the beach
        and complain if they can't swim

        They say things are done for the majority
        don't believe half of what you see and none of what you hear
        It's like what my painter friend Donald said to me
        'Stick a fork in their ass and turn them over, they're done'


Last great american whale, Lou Reed

Highland Park LP12 Special Edition (Salon Hifi Paris 2013)

Tannoy Glengoyne 10 anos (especialmente engarrafado para José Lopes)

Luis Pires e João Çonçalves na CES 2002 (Alexis Park, Las Vegas)