2012

Highend Show 2012_overture: The Best Show On Earth Is Still The Best



HIGHEND SHOW 2012 REPORT OVERTURE by JVH


 


JVH has been reporting from the Highend Show for 20 years


A WHITER SHADE OF PALE


        


Germans and Nordics love their sound in a whiter shade of pale. If they want to sell in these markets, manufacturers know they must offer a Snow White version of all their models. And it's not just loudspeakers. It's everything from turntables to amplifiers. Maybe it has to do with some philosphical understanding of purity. No wonder all photos on the slideshow nr.5 below are of models painted in a whiter shade of pale...


   


Sonus Faber Aida


 


Isophon Berlina


Be it Sonus Faber, Eventus Audio, or even Wilson Audio, a company that offers loudspeakers in Bugatti blue, Ferrari red and Porsche yellow, oblige the German market and paint them...white. Further on in this report, readers will have the chance to listen to all of them and find out whether white sounds better than black or red...


 


Os alemães adoram equipamentos brancos. Nós somos mais pelo preto e cinza metalizado. Dificilmente se vende por cá uma coluna em branco frigorífico. Deve ser porque não estamos habituados à neve, como eles. Será que preto soa melhor que branco? Ou é apenas mais discreto?


   


Enjoy the slideshow nr.5 in fullscreen up to 1080p (use Pause to freeze photos for a more detailed observation) (Soundtrack by Aduf, music by J.Peixoto, João Monge, Maria Berasarte) courtesy AJASOM


AS COLUNAS DE SOM NO HIGHEND 2012


   

Backes&Muller Reference, ou Vacas&Mulas à portuguesa...  


Não são só as pessoas que gostam de exibir penachos. Chapéus há muitos, colunas também. Algumas são fantásticas, outras nem por isso. No highend as aparências nem sempre contam. O que conta, tal como no fado, é a alma com que se canta. O som vem de dentro, não vem de fora. Como em tudo na vida, há gente séria e gente que só gosta de dar nas...vistas...


 


 


Simpático e genuíno músico bávaro típico que actuava no terreiro da feira. Penacho nem sempre é vaidade, também é tradição e orgulho nas raízes culturais


As colunas de som são a maior obsessão dos designers de áudio. Sobretudo os italianos, que as tratam como modelos de alta costura.


 

Paolo Tezzon e as Sonus Faber Aida


Esta secção é uma passagem de modelos da alta costura do áudio. De todos os componentes de uma cadeia hifi, as colunas de som, até pela sua forma antropomórfica, são as que mais se assemelham aos seres humanos.



Domenico Fiorentino e as Eventus Neo

Talvez por isso, os designers,  sobretudo os italianos, se sintam mais inspirados – por vezes excessivamente inspirados – e a multiplicidade de formas, cores – e também princípios de transdução – são a prova de que não há um consenso nesta área sobre a melhor forma de reproduzir som por meios electromecânicos.


 


   


Scherer Evince


O excesso de fantasia pode, contudo, provocar azia audiófila...


   


Horns PL Universum


Muitos dos modelos são isso mesmo, modelos conceptuais, pelo que não se pretende aqui fazer juízos de valor acústico, apenas visual. É um facto que a maior parte destas colunas de som (não todas) estavam em exposição no espaço aberto da feira, onde não se fazem demonstrações antes exposições.


Salvo as raras excepções de todos conhecidas – e às quais voltaremos com som e imagem, através do vídeo – a maior parte reproduzem sons que são o espelho acústico do seu aspecto visual: no mínimo exóticos! 


 


Lipinski Audio


Algumas destas colunas (as Lipinski, por exemplo) são autênticos atentados acústicos aos ouvidos humanos, tal como nem sempre as mulheres mais belas são boas mães; outras, embora estranhas, soam maravilhosamente, recorrendo a princípios de transdução os mais variados: ribbon, planar, nxt, electrostático, etc.; e a caixas acústicas que vão das cornetas, às linhas de transmissão labirínticas.


Há de tudo: do muito bom ao muito mau, tanto no design como no som. Só as que merecerem serão tratadas como princesas nos próximos episódios. Não perca, pois vai poder ouvi-las cantar também...


Este é um autêntico festim para os olhos, que deve ser visionado a 1080p e em full screen (clicar nos respectivos ícones do You Tube). Todas as fotos são tiradas ao alto, para melhor enquadramento das belas silhuetas, pelo que não é possível tirar partido total do ecrã (faixas negras laterais).


Enjoy and share.




HIGHEND 2012_ SLIDE SHOW NR 1 


     Enjoy the slideshow nr.1 in fullscreen up to 1080p     (use Pause to freeze photosfor a more detailed observation) (Soundtrack by Aduf, music by J.Peixoto, João Monge, Maria Berasarte) courtesy AJASOM     HIGHEND 2012_ SLIDE SHOW NR 2    


Os 'Magriços' em Munique



Enjoy the slideshow nr.2 in fullscreen up to 1080p (use Pause to freeze photosfor a more detailed observation) (Soundtrack by Aduf, music by J.Peixoto, João Monge, Maria Berasarte) courtesy AJASOM    


HIGHEND 2012_ SLIDE SHOW NR 3


   


O que é mais importante no highend? A forma ou a função? Há quem pense que a função justifica a forma, qualquer forma, mesmo que ponha em causa a função...    Enjoy the slideshow nr.2 in fullscreen up to 1080p (use Pause to freeze photosfor a more detailed observation) (Soundtrack by Aduf, music by J.Peixoto, João Monge, Maria Berasarte) courtesy AJASOM    


HIGHEND 2012_ VIDEO NR 1


     


Solid Tech Magic Flute  (watch video at up yo 1080p in full screen depending on your internet speed)   


Solid Tech Magic Flute. Por vezes, estranhamente, a forma não é um fim em si próprio e contribui para a função. As suecas Magic Flute, que seguem um princípio semelhante aos das americanas Scaena, têm um desempenho muito interessante. É certo que o tipo de música seleccionada facilitava a vida às colunas, mas...
Para o bom som que se ouvia na sala, com o inevitável ruído da vozes (muito gostam de falar estes alemães...e de beber...e de fumar...) também contribuiu o novo DAC da MSB.