2009

Natal De Paz E Ano Novo Próspero



Permitam-me oferecer-vos uma prenda de arquivo. Um artigo que publiquei no DNMais, em 20 de Dezembro de 2003, que podem abrir em Media, na versão pdf. No Natal sabe bem recordar. Até porque o presente é uma falácia, não existe - deixa de o ser no justo momento em que o é. E o futuro é incerto e não se adivinha risonho. Vivamos, pois, revivendo, enquanto é tempo...
 
BOAS FESTAS
 
José Victor Henriques, Editor
Pedro Henriques, Administrador e Webmaster