2009

Highend 2009: Ken Ishiwata 30º Aniversário

Highend 2009: Ken Ishiwata 30º Aniversário
 



Ken Ishiwata na conferência de imprensa do 30º Aniversário

 
 
Para marcar o auspicioso evento resolveu apresentar nada menos dois novos produtos KI: o leitor SA-CD e o amplificador integrado Pearl, que serão produzidos numa série ultra-limitada de 500 unidades para todo o mundo a um preço único de 2.899 euros cada. Além disso gravou um SACD comemorativo do qual reproduziu uma faixa (ver a sequência de vídeos) numa notável conferência de imprensa onde de coração aberto contou a história da sua vida com alguns pormenores nunca antes divulgados.
 
 




Ken Ishiwata na introdução à sua palestra




Depois de uma breve introdução onde confessou que, embora a sua paixão fosse a música (aprendeu violino) e esteve para ir para a força aérea japonesa, tendo desistido apenas porque não queria ficar obrigado a cumprir onze anos de serviço militar, acabou por optar pela marinha como oficial de rádiocomunicações, actividade que lhe deu muitos dos conhecimentos que utilizou na sua longa carreira de “tweaker” do áudio.











Mas a sua paixão pelo hifi começou muito antes, quando ainda estudante e ouviu pela primeira vez Louis Armostrong num amplificador C-7 da Marantz, na casa de um colega de escola. Ficou de tal modo “chocado” (a expressão é dele) que resolveu copiar o circuito para construir ele próprio um amplificador. Apesar da cópia ser perfeita, não soava nada igual. Foi aí que percebeu a influência dos componentes no resutado final, sobretudo das válvulas.
Mais tarde foi contratado pela Pioneer e, finalmente, pela Marantz, o seu primeiro amor, que o mandou para a Europa para aprender e, confessou, “copiar”. Teve a sorte de estar na Europa quando a Philips comprou a Marantz e estava a desenvolver o CD, pelo que a sua carreira acompanhou os 30 anos mais fulgurantes da história do áudio: do mono para o estéreo, do transístor para a válvula e do LP para o CD. 



 



Ken Ishiwata reproduz no duo Pearl o disco da sua vida: Louis Armostrong num registo mono de 1956



Apesar disso, nunca se esqueceu do som daquele disco de 1956 em mono que ouviu na casa do amigo, e por isso resolveu fazer uma cópia em CD para partilhar com os jornalistas.


 







Mas o mundo não se compadece com saudades (o termo é meu), pelo que o seu disco de aniversário é em formato SACD, e dele nos deu a ouvir também uma faixa.
 




Finalmente, Ken Ishiwata lembrou que o LP não morreu e que a Marantz teve particular cuidado com o andar de phono do Pearl KI. E o que se ouviu na sala prova que não foram só palavras de circunstância.
 

Hificlube congratulates Ken Ishiwata on an outstanding career of 30 years both as an engineer and audiophile, and as a man of wisdom and a great human being for his unparalleled contribution to the advancement of audio as an art.
 
 
Para mais informações:
 
VIDEOACÚSTICA
 
MARANTZ_EUROPE


Highend 2009: Ken Ishiwata 30º Aniversário