2009

A Baía Dos Piratas



Com tanto site pornográfico e pedófilo na net, a Pirate Bay, ou alguém com bastante poder de fogo em nome deles, resolveu entrar traiçoeiramente no servidor do Hificlube e substituir todos os textos publicados com a nova configuração da página, ou seja, desde 09 de Julho de 2008, num total de 90 artigos, pelo slogan “Pirate Bay rules”.


Os piratas somalis são desgraçados a quem dão armas e provocam o caos da navegação no golfo de Aden. No fundo, atacam para sobreviver. Os piratas românticos dos filmes de aventura lutavam pelo saque dos navios portugueses e espanhóis carregados de ouro e pedras preciosas. Os piratas da net são-no pelo gozo que lhes dá lixar a vida aos outros, cobardemente, sob anonimato.


O Hificlube sempre foi contra a pirataria: no áudio, no vídeo, na net em geral. Já foi  roubado, copiado, espoliado dos seus direitos de autor. Já foi até atacado por piratas turcos. Mas nunca sofreu um ataque tão vil e com efeitos colaterais tão extensos e em parte irreparáveis.


Horas, dias, meses de trabalho foram destruídos sem qualquer justificação, apenas porque uma organização ilegal, ou alguém por ela, com vastos recursos informáticos, precisava de mais uma tribuna para mostrar o seu desagrado por uma decisão judicial sobre uma questão – a pirataria de vídeo – que nem sequer foi abordada nas páginas do Hificlube.


É esta aleatoriedade, esta vingança sobre inocentes que mais dói, por se tratar de um acto terrorista, um atentado à bomba, que só traz sofrimento para as vítimas sem qualquer benefício ou vantagem para o criminoso. E o que custa é saber que uma vez reconstruído o edifício, com paciência e perseverança, nada impede que nos ataquem de novo. Por nada. Apenas porque sim, ou porque o Hificlube estava no sítio errado da net à hora errada...


É claro que podemos sempre ver a coisa pelo lado positivo: já somos suficientemente famosos para perderem tempo connosco. Ou, parafraseando Andy Warhol, mais vale ser atacado que ignorado. Brendan Behan, citado a propósito por Wineless, no fórum Audiomania, terá ditto com verve e ironia: 'There is no such thing as bad publicity except your own obituary.'


O anúncio da morte do Hificlube não passou assim de um exagero dos seus inimigos. De momento, apenas estão online os artigos publicados com formatação do antigo Hificlube. Pacientemente, iremos recuperar um a um a maior parte dos artigos, testes e reportagens, publicados desde Julho de 2008. Deles só nos deixaram os piratas como lápide o cabeçalho e os vídeos, uma pista informática milagrosa que nos faz acreditar que estão vivos algures e um dia hão-de voltar. A busca já começou. O meu filho Pedro, webmaster e criador do Hificlube, saberá encontrar o caminho para os encontrar, lá no assento etéreo onde se partiram.


Para isso contamos com o apoio e a solidariedade de todos os leitores e amigos, porque são eles que nos dão a força para resistir. Não nos deixaremos intimidar nem abater.


O Hificlube vai morrer um dia, mas morrerá de pé – como as árvores...