2006

Novidades: Imacústica E Soundeclipse



IMACÚSTICA


Informa que já tem disponíveis para demonstração:
Krell Evo 222 (prévio)
Krell Evo 600 (amplificador estéreo)
Wilson Watt+Puppy System 8


Para aceder a informações completas sobre estes equipamentos, basta clicar nos links abaixo:


KRELL EVO 222


KRELL EVO 600


WILSON WATT+PUPPY 8


SOUNDECLIPSE


Entretanto, a SoundEclipse também tem novidades:colunas Usher Dancer Be(ryllium) e Audionet ART G2 e AMP V


AUDIONET
ART G2 - Aligned Resonance Transport generation 2


Para além das alterações estéticas ao nível da tampa superior (que passa a ser composta por uma espessa peça de alumínio maquinada), e do mostrador (de grandes dimensões), que permite a leitura confortável a partir do local de escuta, o ART G2 passa a dispor de uma porta para ligar ao Audionet EPS - Extended Power Supply. Trata-se de uma fonte de alimentação externa de alta qualidade disponível como acessório. A EPS permite optimizar o funcionamento do ART G2, isolando a alimentação dos DAC's da alimentação dos componentes.


Outra das grandes inovações do ART G2 é a possibilidade de utilizar os DAC deste equipamento para descodificar fontes digitais externas. A disponibilização de uma porta USB veio permitir a ligação a um PC, permitindo a descodificação de Audio proveniente de qualquer PC.


A interface proprietária Hi-Bit permite uma amostragem de 24 bits a uma frequência de 192 KHz.
MAP I - Multichannel A/V PreAmplifier



O Audionet MAP I é um preamplificador com descodificador destinada a instalações maioritariamente de A/V, sem prescindir de actualizações de hardware e de software, video switching, video up-sampling, etc.


Este equipamento permite a descodificação de Dolby Pro Logix IIx, DTS 96/24 e DVD Audio via o interface Hi-Bit.


O Audionet MAP I dispõe ainda de um equalizador paramétrico, que em conjunto com um equipamento auxiliar externo - composto por um PC e um microfone funcionando em conjunto com o software CARMA - pode optimizar as prestações do conjunto colunas/sala, evitando as situações comuns de ênfase em determinadas gamas de frequências provocadas naturalmente pela geometria da sala de audição. (Este serviço pode ser prestado adicionalmente pela SoundEclipse.)


O Audionet MAP I está equipado com entrada /saída DVI, disponibilizando como equipamento adicional uma carta Progressive Scan que permite que qualquer sinal de video - desde Composto, S-video, componentes - possa ser transformado num sinal de varrimento Progressivo, disponível na porta DVI.


Está igualmente disponível um módulo Phono Stage, tanto para células MM como MC.
Audionet AMP V


A Audionet apresenta-nos um novo amplificador de 5 canais, uma solução que vai ao encontro das necessidades dos clientes que pretendem prioritáriamente um sistema de Cinema em Casa de alta qualidade - não descurando contudo as capacidades audiófilas do mesmo.


O Audionet AMP V vem juntar-se às restantes propostas de amplificação multicanal: AMP III - amplificador de 3 canais, AMP IV - de 4 canais - e a AMP VII - amplificador modular disponível entre 4 e 7 canais.


Seguindo o exemplo das restantes propostas de topo de gama da marca, o AMP V dispõe de entrada e saída óptica Toslink que permite ligar/desligar remotamente os aparelhos via MAP I.


Nota: texto da responsabilidade da SoundEclipse



USHER
Dois modelos da Série Usher Dancer Be fotografados na CES 2006


A SoundEclipse anuncia a chegada a Portugal da magnífica série topo-de-gama USHER Dancer CP-8871 II Beryllium


A série Dancer Be reúne em si todo o know-how deste fabricante, ao qual se juntou pela primeira vez um twetter de Berillium de concepção própria.



As Dancer Beryllium distinguem-se ainda pela sua soberba construção e a concepção acerto/afinação pelo Dr. Joseph D'Apolito.



A gama Dancer II Beryllium passa a ser a seguinte:


CP-777 II, monitora que passou a incorporar também a tecnologia Beryllium,
Be-10 e Be-20, duas soluções que dispõem não só de tweters mas também de unidade de médios em Beryllium, CP-8571 II Be e CP-8871 II Be colunas de topo de gama que se destinguem entre si pela utilização de uma (CP-8571 II Be) ou duas (CP-8871 II Be) unidades de graves.



As CP-8871 II Be é uma coluna full-range de 3 vias, de 90 dB/1w/1m de sensibilidade e 4ohm de impedância. Dispõe assim de um tweeter de 1.25 polegadas em Beryllium, uma unidade de médios de 7 polegadas e dois woofers 8 polegadas cada, de papel impregnado com carbono. Embora devido à sua alta sensibilidade esta coluna possa ser facilmente controlada por um amplificador a válvulas de elevada corrente, é com amplificadores de transistores que é possível retirar o melhor destas magníficas unidades.


Nota: texto da responsabilidade da SoundEclipse