2006

Ces 2006 - Highlights 11: Leitores Cd/sacd



AUDIOLAB
Audiolab 8000CD e 8000S


Foi como se o tempo voltasse para trás. Olha-se e diz-se: onde é que eu já visto? A Audiolab fez questão de voltar a ser e parecer. Até as séries são as mesmas: 8000 Series. Mas a Audiolab garante que o leitor-CD é, e cito: “a complete new design”, com um novo transporte e DACs da Crystal. Quanto ao 8000S é uma evolução do integrado 8000A, com 60W e 25A de corrente de pico.


BLUE NOTE
Não há nada como apertar os 'tomates' ao leitor-CD


O leitor Cd é o vulgarissimo Sibbert, mas aqui apertado por uma mesa de tortura de Sound Boosters e Vibe Boosters da Sound Fusion. Dizem que elimina as ressonâncias. Eu não punha lá a cabeça e muito menos os t...


DCS
dCS P8i, c/ DSD up-sampling


Vi (e ouvi) o P8i, leitor CD-SACD a ser utilizado em muitas salas, o que é sempre um bom sinal. Utiliza o famoso RingDAC do Elgar e é o único no mundo a fazer “up-sampling” de sinais DSD sem os converter para PCM (como?). Ó António Almeida, eu gostava de ouvir este brinquedo cá em casa...


KRELL
Krell EVO 525 Universal


Há muito tempo que estava anunciado um leitor-Universal multicanal. A Krell diz apenas que o EVO 525 é o mais avançado do mundo: tem saída HDMI a 1080p e capacidades de correcção de imagem só disponíveis em equipamentos profissionais como (deixo em inglês para não levantar dúvidas): adaptive contrast enhancement, intelligent color remapping, frame-rate conversion, horizontal luma and chroma edge enhancement, e ainda, configurable primary HD or SD output port.Uff! O EVO 505 é a versão audio only.


MBL
Leitor-SACD MBL


O leitor-SACD tinha acabado de chegar e não havia ainda informação disponível. Mas fica a fotografia.


MCCORMACK
McCormack UDP-1 Deluxe


Esta é a versão de luxo do UDP-1 revista e aumentada por Bill Conrad e Lew Johnson da Conrad-Johnson: resistência de filme de metal e condensadores seleccionados. E um banho de ouro para justificar o preço...


MCINTOSH
McIntosh MC 201 leitor-SACD


Começaram por apostar no DVD-Audio mas perceberam que dos dois o SACD ainda é o único que justifica o esforço. O MCD201 aposta numa leitura a velocidade 2 a 4 X superior ao normal para melhorar a performance com discos em mau estado.


ORACLE
Oracle CD2000
Oracle CD1000


Os transportes digitais CD 2000 e CD 1000 não são novidade. Mas justificam a fotografia quanto mais não seja pela beleza do design. Ninguém os faz mais bonitos.


PATHOS
Pathos Endorphin, leitor-CD


E não esquecer a grande novidade do Endorphin (que já não o é para quem leu o Highlights 1 publicado em real time): conversão D/A dual differential, DACs delta-sigma 24-bit/192kHz, classe A, zero feedback. Coisa aí para 5 000 euros!…


PI GRECO
PI Greco, leitor-CD com 'roscas'...


Leitor-CD1X. Aquelas “roscas” que se vêem à esquerda e direita (brancas), e em baixo (preta) são da Magic Dream e servem para controlar as ressonâncias. O esoterismo audiófilo no certame paralelo The Show atinge as raias do paroxismo transcendental. Um tipo sai de lá a bater mal, para utilizar a colorida expressão do meu amigo Eduardo Rodrigues...


YBA
Yba Passion leitor-CD


Paixão sobre paixão. No topo, até porque é de carregar pela boca (mecanismo Philips) o Yba Passion CD Player. Depois de testar o integrado Passion (teste disponível no Hificlube), e sabendo que o leitor-CD tem o mesmo andar de saída, sei como vai soar mesmo sem o ouvir...
Yba Design CD YC201 e AMP YA201


Os 'mock-ups' foram apresentados na CES 2005, este ano ouvi os modelosde produção c/ colunas JM Lab (les beaux esprits se rencontrent...). Som Yba por mil euros? São fabricados na China?, perguntei a Yves-Bernard. Não, em França!..., respondeu-me com evidente orgulho. A caixa é negra mas o som é claro e transparente.