2004

Sony: Ecrã Negro



Este é o primeiro passo para eliminar o último entrave à utilização de projectores em vez de televisores no dia-a-dia. Finalmente vai ser possível ver emissões em directo em grande ecrã enquanto se janta com a luz acesa ou com o sol a entrar pela janela.

O ecrã negro à direita (foto gizmodo/Rav)


O novo material reflecte apenas a luz Vermelha, Azul e Verde emitida pelos projectores de vídeo mas absorve a luz do sol, incandescente ou fluorescente, ou seja, a luz branca com maior largura de banda. O resultado é uma imagem viva e brilhante com cores espectaculares e elevado contraste mesmo quando há focos de luz branca apontados ao ecrã! É o Ovo de Colombo, só que ainda ninguém tinha pensado nisso...



Aparentemente, os inventores são uns tais McDowell e Chandler T., de Austin, Texas, que registaram a patente. Uma outra empresa, a Mitsui Plastics, Inc. prepara-se para introduzir no mercado um produto semelhante, pelo que a guerra vai começar. Mas, ao contrário, da tecnologia Sony, a Mitsui serve-se da textura em serrilha da superfície do ecrã para bloquear o reflexo da luz ambiente e não parece ser tão eficaz.



Os primeiros ecrãs-negros serão postos à venda em meados de 2005.