2004

Highend2004/parte 8: Heil A Lindemann



Heil

Lá estão eles todos os anos, uns orientais discretos, que se deixaram tentar pelo sortilégio do transdutor «de transformador de ar» do Dr. Oskar Heil. No meio da confusão do stand da Runco, com o Senhor dos Anéis a abrir na sala ao lado, tocaram muito bem com electrónica Primare. Um produto a descobrir nos dias calmos de Outono, com música barroca e um tinto alentejano. Sem vídeo, de preferência, e com uma linguiça de porco preto cortada em fatias finas e oblíquas...


J


Jadis
A primeira vez na vida que ouvi som verdadeiramente audiófilo foi com uns Jadis. Já lá vão mais de 20 anos. O mundo digital pula e avança como bola colorida, mas há coisas que não mudam nunca. Dantes como hoje, Jadis, sempre.


Jeff Rowland/Magnepan
(Con)viver com as magníficas Magnepan foi um hábito que se perdeu. Por qualquer motivo, o Manuel Dias afastou-se delas: o espaço exíguo dos modernos apartamentos não se coaduna com estas «portas do paraíso» com uma vez lhes chamei. E é pena, porque soam tão bem que tudos se lhes perdoa. Mesmo assim, julgo ter ouvido o frio analítico da tecnologia ICE dos novos Jeff Rowland, soprando pela frincha da... porta. Jeff, lembras-te da última vez que comemos queijo da Serra com vinho do Porto, na Invicta? Os novos ICE sabem a queijo industrial...


K


KEF

O KIT100 vendeu-se como pão quente. Servindo-se da tecnologia NXT e de um algoritmo de processamento Dolby, o KIT 100, composto por dois satélites, um subwoofer e um controlador/processador, sintetiza 5.1 canais a partir de apenas duas colunas de som. Ideal para jogos e para ver filmes no computador. E quando eu me queixei ao Johan Coorg que toda aquela parafernália, incluindo as novas KHT 9000, com carvão vegetal activo (para controlo dos gases, leia-se ressonâncias internas), era apenas um hino ao todo poderoso AV, eis que ele saca de um LP, coloca-o num prato Clearaudio Master Reference, e transformou um som assim-assim num som audiófilo. O segredo está na fonte...


L


Lavardin
Há muito tempo que não via os Lavardin, o amplificador sem memória de tão boa ... memória. Afinal, eles estão «alive and kicking»...


Lindemann
Mais uma marca alemã que me deixou boa impressão: construção, tecnologia e, last but not least, som de grande qualidade.
E a série 500 tem um design colorido e atraente.