2004

Denon Dvd2910: Ver Para Crer (parte 1)



Denon DVD 2910, universal, progressivo. hdmi e dvi, up-scaling 720p e 1080i


Em 2003, atribuí ao Denon DVD-2900, o galardão de «Produto do Ano» dentro da sua categoria. O DVD-2910 não é o seu substituto directo - sê-lo-á o DVD-3910. O DVD-2900 foi na altura um autêntico «tour de force» da Denon que pretendia -e conseguiu - oferecer ao consumidor a solução total para áudio e vídeo.


Mantendo embora toda a versatilidade daquele (é compatível com todos os formatos áudio, incluindo CD, SACD, DVD-Audio, DTS, DD,MP3 e WMA; e vídeo PAL, NTSC, Regiões 1 e 2, JPEG), o DVD-2910 apresenta-se com novas características vídeo que, ainda há pouco tempo, só estavam disponíveis em equipamentos muito caros, nomeadamente «up-scaling» para 720p e 1080i, oferecendo assim uma qualidade de imagem «próxima» da alta definição a partir de DVD convencional.



DVI e HDMI


Claro que isto só é possível através de ligações de vídeo digital DVI e HDMI entre leitor e televisor ou, preferencialmente, projector. A diferença entre o default 480p/576p analógico e os 720p/1080i digital vai pois depender muito do seu plasma/LCD ou projector. Faça experiências: há quem prefira 720p aos 1080i e viceversa. E há até quem ache que a saída RGB por componentes analógica chega bem para as encomendas. Para os televisores convencionais utilize a ficha SCART e divirta-se.


A Denon é das primeiras marcas a oferecer saída HDMI, a futura norma para a transmissão de sinais áudio multicanal e vídeo em alta resolução, e nem todos os AV Receivers/projectores dispõem para já da entrada respectiva - é tudo uma questão de tempo. Quem se serve apenas da mais vulgar saída DVI, e não se importa de dispensar o SACD, mantendo apenas a compatibilidade CD/DVD, pode optar pelo modelo DVD-1910, que tem basicamente a mesma qualidade vídeo e é ainda mais barato. A Denon não guarda a tecnologia de ponta só para quem pode pagar mais...(1).


Se não possui um dos novos televisores, plasmas ou LCD, com entrada DVI ou HDMI (um único cabo para os sinais vídeo e áudio), o DVD-2910 pode pois não constituir uma mais valia videófila sobre o «velho» DVD-2900. Contudo, se o restante equipamento complementar for compatível, basta visionar um DVD a 720p para já não querer voltar atrás.



1080i OU 720p EIS A QUESTÃO



De facto, hoje em dia, quase todos os bons leitores-DVD utilizam desintercaladores Faroudja, para obter vídeo progressivo sem a «tremideira» do vídeo intercalado convencional. Mas já são poucos - e caros - os que têm «up-scaling» (multiplicação do número de linhas) para 720p ou 1080i. Mais linhas significa mais definição, cores saturadas e naturais e mais «relevo» na imagem: cenas de filmes que já viu dezenas de vezes ganham nova vida e as personagens parecem saltar do ecrã. Enquanto a alta definição não estiver amplamente disponível no mercado de vídeo, isto é o melhor que se consegue - e por este preço é quase um milagre! Não crie demasiadas expectativas, contudo. O «up-scaling», tal como o «up-sampling» nos leitores-CD, não pode transformar um DVD num HD-DVD...


Eu prefiro sempre 720p. Embora o formato 1080i tenha sido o escolhido por quase todas as cadeias de televisão, incluindo o consórcio europeu Euro1080, a verdade é que a matemática não é tudo. Vejamos:


Se nos cingirmos apenas ao número de linhas, 1080 são mais que 720, lógico. O mesmo se passa se optarmos por contar o número de pixéis. Basta multiplicar 1080 por 1920, que dá 2.073.600; e 720 por 1280, igual a 921.600, para não deixar dúvidas que a primeira imagem é duas vezes mais «nítida» que a segunda. Seria assim se a imagem fosse «fixa». Mas vídeo é sobretudo movimento. E a primeira imagem é «intercalada», enquanto a segunda é «progressiva». As 1080 linhas são obtidas pelo «intercalação» de duas «frames» de 540 linhas, enquanto a segunda se obtém a partir de uma única «frame» de 720 linhas. O que significa que no tempo que demora a obter 1080 linhas, o formato «progressivo» consegue 1440 linhas, eliminando muitos dos artefactos provocados por imagens em movimento. Claro que 1080p seria ainda melhor...

Continua (ver Parte 2 em Artigos Relacionados abaixo)