2004

Audioshow 2004: Opinião Dos Leitores - Parte 2



IMPRESSÕES DE AUDIÇÃO COM PREÂMBULO


Apesar de todos os anos prometer a mim mesmo que seria a última vez que faria 250 Km para visitar tal evento, a verdade é que, tal peregrino que cada ano para espiar os seus pecados se dirige a Fátima, este vosso amigo acaba por dar consigo, a caminho de Lx. Quiçá reflexo condicionado! O Audioshow em geral, pareceu-me o espelho do país real, onde se instalou o 'síndroma da crise', tanto por parte de expositores como de visitantes; pareceu-me existir uma falta de entusiasmo preocupante. Pois, tal qual equipa de futebol, quando se deixa de 'acreditar', mesmo as oportunidades reais de vitória (vendas) são perdidas. Enfim, reflexo dos tempos e sinal que o Audio em geral vive de e para o País Real.


Quanto a sons.


1º- Não é possivel em Audio ouvir ( criticar ) umas colunas, um amplificador ou uma fonte separadamente. Pois umas colunas X tocarão de uma forma com o amp Y de ainda de outra forma com a fonte Z. Fazendo as permutações possíveis com estas variáveis já se pode ver o diferente tipo de som que se pode obter com cada uma. Mais: quanto melhor forem as ditas colunas maiores serão as diferenças. Isto é, uma óptima coluna pode tocar do excelente aos medíocre, segundo o sinal que se mete nos seus bornes. Portanto, falar do som de uma coluna não faz sentido nenhum, pois quanto melhor ela for tanto melhor ou pior poderá tocar em virtude do resto do sistema.


2º- A sensibilidade do auditor: visto que para cada pessoa existem prioridades, é natural que os compromissos que um auditor é capaz de fazer numa área não sejam os mesmos que outro seja capaz de fazer nessa mesma área, embora os possa fazer noutra, inteiramente incompatível com o da primeira pessoa.


MELHOR SOM: Sistema Classé com BW Nautilus.


Resumo numa palavra (lembrem-se das prioridades de cada um): o único onde senti um 'cheirinho' a ritmo (timing). Música para mim sem ritmo é uma xaropada...


2º MELHOR SOM :Sonus Faber Stradivari + AR´s 600


Faltou-lhe apenas em relação ao 1º, aquele tudo nada de fazer bater o pé e a neutralidade que as BW revelaram.


Nota: O que não posso deixar de expressar em relação a esta sala é o 'sequestro' a que os visitantes são submetidos. Terem de ouvir um nº de músicas (desconhecido pelo visitante) sem sair da sala não é 'pêra doce'. Se dou de barato que desaconselhar saídas a meio de uma música tem alguma razão de ser (visto poder importunar outros auditores), já o ter de ouvir todo o programa me parece excessivo. Começo a entender a inquietação do cão de um amigo meu que só sai de casa quando o dono o leva a passear. No meu entender, um ponto na política comercial a rever: o 'possível ' cliente gosta e precisa de se sentir livre...


RESTANTES SONS: Pouco a salientar...


Sala Ajasom/Clube do Audio


Por azar, ouvi duas músicas às quais estou muito habituado: a Jojo faltou-lhe a emoção e o salivar característicos dessa interpretação de Brel e, no Cantar Alentejano do Zeca, nem por sombras se vislumbrou a típica voz gutural do nosso saudoso autor dos 'Cantares do Andarilho'.O sistema pecou por defeito, salvaguardando-se do excesso. Por isso nem tinha virtudes nem defeitos, antes pelo contrário. Pena não se ter ouvido o 'Poder da Pirâmide', mas fico à espera.


MENÇÃO HONROSA


O pequeno Prima Luna, na Delmax que estava a tocar melhor que muitas coisas mais caras e com mais pretensões.


Uma pequena nota para o Workshop sobre audio que estava práticamente vazio (sinal da importância que alguns audiófilos dão às coisas técnicas) onde o representante da Audio Analogue, pessoa simpatiquísima, mostrou à plateia à saciedade o'cuidado' e 'conhecimento' investido em alguns aparelhos de audio.


Uma nota final: foi com prazer que senti um renovado interesse no Audio de dois canais e uma colocação do AV no lugar que lhe pertence, o Home Entertainment...


Jorge Santos aka Tube Dude (CdA)



DA PAIXÃO À DESILUSÃO



É com imenso prazer que mais uma vez, venho dar a minha humilde opinião sobre o Audio Show 2004. Dado que o aparato do cinema em casa pouco me diz, passo em frente para o audio 'Puro e Duro' .



Melhor Som :



1º - Clube do Audio - Nagra + Avalon


2º - Viasónica - Sistema Conrad Jonhson + Kronus


3º - Art Audio - Classé + BW 800 Nautilus



Melhor relação Preço-Qualidade



Sala Delmax , enorme surpresa Prima-Luna com válvulas KT88 ! Prova que não é preciso 'uma pipa de massa', para ter um belo sistema de audio caseiro .



Maior Desilusão



O sistema Sonus Faber Stradivari+Audio Research ! Que as Sonus Faber são superlativas e belas , já sabiamos ! mas algo correu mal ! Seria da sala ? das escolhas musicais ? A vontade de impressionar , aumentando volume para além do necessário? Ninguém compra um produto deste calibre, para o usar como PA !



Jorge Barreto