2004

Audioshow 2004: Novidades E Curiosidades



ACOUSTIC ENERGY

A nova versão do delicioso Aego 5.1 promete. Eu gostei da versão 2.1 (ver teste) - Mercaudio



DENON

Certos equipamentos, tal como certos filmes, são concebidos para ganhar prémios. Normalmente têm características revolucionárias e preço proletário (para o desempenho). É o caso do Denon AVR-3805. Sempre tive um fraco pelos «receivers» Denon. A razão é simples. Os circuitos DSP compram-se por atacado e são todos mais ou menos iguais o resto é marketing. Mas nem todos os fabricantes sabem fazer bons amplificadores analógicos numa era em que a Classe D é a panaceia universal. - Videoacústica


Nota: agora pergunta-se: será que o Denon DVD 2910 ainda é melhor que o DVD-2900, que o Hificlube recomendou sem reservas? Estou disponível para comparar...



INKA

Katana CD. Tem um aspecto «do catano». Nunca ouvi falar. Nunca ouvi tocar. Nunca digas nunca... - SoundEclipse



LOEWE

Os LCD Xelos ultrapassaram «with flying colours» o teste mais difícil. Qual era mais real: a cor das folhas no ecrã ou as do vaso decorativo por baixo? - Videoacústica



MCINTOSH

O MA2775 deixou-me a salivar em Las Vegas (a notícia que dei da sua existência não foi manifestamente nada exagerada). Em Lisboa, com a promessa de que já tinha viagem marcada para o meu estúdio, fiquei em estado de euforia latente. Não perdem pela demora. - Videoacústica.



MYRYAD

Cameo Theatre: amplificador, sintonizador e leitor-DVD/CD «in-a-box». Juntem-lhe um dia um gravador de disco rígido e o conceito do tudo-em-um acaba aqui. - Mercaudio



NAGRA

Qual sera o segredo das pirâmides? Classe A/B ou Classe D. A fonte de alimentação é comutada como exige a lei comunitária. Mas tanta área de dissipação aponta mais para o A/B que o D. Trouxe-as para casa para continuar o trabalho arqueológico. Depois publico os resultados (primeiro teste mundial). - Ajasom



ONE FOR ALL

E todos por um. Uma linha completa de acessórios para AV. E de controlos remotos universais. O Kamaleon, por exemplo, tem um aspecto hightech e pode ser programado pelo telefone. Faz uma chamada grátis para o fabricante, indica quais as características dos seus equipamentos e eles por meio de bips sonoros «personalizam» o seu Kamaleon. - Esotérico



PIEGA

Ao desafio: «escolhe um e apenas um item para servir de cenário da tua foto», o Francisco Monteiro hesitou entre as famosas colunas James Coherent Phase e a novidade dos «ribbon tweeters» na linha mais «acessível» das colunas Piega. Optou por esta última - ele lá sabe porquê... Não que as «cornetas» da Avantgarde não fossem mais espectaculares mas o Hificlube já lhes deu tanto elogio... - Luz e Som



REIMYO

CDP-777. Considerado nos meios audiófilos restritos como o melhor leitor-CD do mundo. As primeiras audições parecem confirmar a fama. Ainda é cedo para embandeirar em arco mas por este preço (€14 000) é bom que seja mesmo... - Ajasom



S-MASTER

O inacreditável amplificador «cigarreira» Sony S-Master «card-size» de 100W! Trouxe-o para casa no bolso da... camisa: nada como ouvir para crer...- Sony Portugal


Nota: Não está à venda



WHARFEDALE

O regresso do «Diamante Negro». Com o Ken Kessler a dizer que as Diamond soam como as Quad ESL na gama média e a inefável What Hifi a dar 5 estrelas, o que pode um distribuidor querer mais? Por este preço, mesmo que eles estejam a exagerar a little bit, a concorrência que se cuide...; daqui pode-se «evoluir» para as Evolution ou almejar as belas Opus, o topo-de-gama com acabamentos só possíveis no reino da mão-de-obra barata de Confúcio: nunca o capitalismo se deu tão bem com o socialismo. Vê-las excitou-me a curiosidade de as ouvir: o meu amigo Ken pode ser um pouco excêntrico mas tem bom ouvido... - Esotérico