Notícias

Luxman na Ultimate Audio Elite

Terry Kawakami posa no auditório principal da UAE em Lisboa junto da sua prole

Depois de 15 anos de ausência do mercado nacional, a Luxman regressa para integrar o vasto portfolio audiófilo da Ultimate Audio Elite. Já tinhamos dado a notícia, mas desta vez fomos fazer a prova na apresentação oficial da marca, na loja da UAE, em Benfica, que contou com a simpática presença de Terry Kawakami, Director de vendas da Luxman.


Terry visitou Lisboa pela primeira vez, num périplo que passou por Londres, Paris, seguindo-se Madrid, pois, como é de tradição, a UAE assegurou o exclusivo da representação ibérica.


Kawakami san estava feliz, claro. Falámos das trivialidades do costume: do sol, da comida (ah, o peixe aqui é ótimo!) do tinto, da hospitalidade, cortesia e, sobretudo, do profissionalismo de toda a equipa da UAE.


E também daquilo que nos reuniu na UAE: os produtos Luxman que, com preços na casa dos 5 mil aos 15 mil euros, vão a partir de agora estar disponíveis para audição. Para já apenas os modelos a transístores, estando as 'válvulas', um dos ex libris da Luxman, a caminho. Aliás, Kawakami revelou que a Luxman vai apresentar em Munique o novo modelo MQ300 com base em tríodos 300B entre outras novidades.


A apresentação da Luxman na UAE, com as diferentes combinações adoptadas para cada um dos sistemas em demonstração nos três auditórios dedicados, serviu de ensejo para revelar aos leitores do Hificlube a composição das 'equipas' que vão 'jogar' (o verbo to play aqui dava jeito) no audioshow, que se realiza no último fim-de-semana de Fevereiro, no Pestana Palace, em Lisboa.


Auditório principal

As Gryphon Trident II fazem guarda-de-honra à Luxman,com a última obra prima de Rui Barros de sentinela para o que der e vier.

As Gryphon Trident II fazem guarda-de-honra à Luxman,com a última obra prima de Rui Barros de sentinela para o que der e vier.

As Gryphon Trident II (na foto) vão ser uma das figuras de cartaz da UAE no audioshow 2016, alimentadas pelo 'diabólico' Gryphon Diablo 300 (clique para abrir o pdf do teste em inglês que publiquei na revista HifiCritic). Num mundo onde toda a gente invoca o nome de Deus em vão, o Diablo esgotou-se e a próxima encomenda só chega em Abril, porque a produção não acompanha a procura. Quem disse que o highend está em crise? Não lembra ao Diabo...

Luxman M700 u Ultimate (120W per channel into eight ohms and 210W per channel into four ohms, achieving up to 840W per channel into one ohm instantaneously)

Luxman M700 u Ultimate (120W per channel into eight ohms and 210W per channel into four ohms, achieving up to 840W per channel into one ohm instantaneously)

Aproveitando a faceta activa dos graves das Trident II, a UAE optou pelo Luxman M700u - um meio-pesado - para as alimentar, colocando na linha avançada o Super Audio CD Player D-05 (já não ha muitos SACD players no mercado) e o Control amplifier C700u (prévio): um som limpo, focado e transparente, com a proverbial velocidade e dinâmica que caracteriza as Gryphon dourada pela luminosidade quente da Luxman.

Luxman Super Audio CD Player D-05

Luxman Super Audio CD Player D-05

Luxman e TAD Reference One

TAD Reference One+Luxman M900u+C900u+DA-06

TAD Reference One+Luxman M900u+C900u+DA-06

No auditório 2, pontificavam as TAD Reference One de braço dado com o mais poderoso dos Luxman em presença, o M900u Ultimate: 150W s/8 Ohm, com a capacidade de 600W s/8 Ohm em configuração monofónica em ponte.

Luxman M900 u Ultimate: 150W s/8 Ohm, com a capacidade de 600W s/8Ohm em configuração monofónica em ponte.

Luxman M900 u Ultimate: 150W s/8 Ohm, com a capacidade de 600W s/8Ohm em configuração monofónica em ponte.

O Aurender W20 fornecia a seiva musical processada por um Luxman DA – 06 DAC (USB input up to 384 KHZ / 32 bits PCM data and 5.64 MHz DSD), que foi posto à prova a todas as frequências pelo doutor Miguel. Que entre um disco e outro, lá foi divulgando algumas preciosas informações.


Como, por exemplo, que tendo Andrew Jones saído da TAD para a Elac, que já foi distribuida pela Audio Elite, e, tendo testemunhado em Las Vegas que o sucesso da nova série de entrada de gama de colunas é totalmente merecido, vão voltar a distribuir a Elac em Portugal e Espanha.


Ou que já encomendaram as novas GoldenEar Triton 2 e 3. E que tiveram de pedir um par de Triton One emprestadas para apresentar no audioshow, porque está tudo esgotado até Abril. Depois de as ter ouvido aqui, percebo bem porquê...

Stenheim Reference Ultime, alimentadas por CH Precision, vão ser as vedetas do espectáculo da UAE no audioshow 2016

Stenheim Reference Ultime, alimentadas por CH Precision, vão ser as vedetas do espectáculo da UAE no audioshow 2016

Ou ainda, que as Stenheim, acima fotografadas num auditório dedicado na Áustria, e a electrónica CH Precision vão ser as cabeças-de-cartaz da UAE no audioshow 2016. Ouvi as Stenheim+CH Precision pela primeira vez em Munique, em 2013, não no highend show, mas numa apresentação privada no luxuoso Hotel Kempinski, e fiquei de ouvido nelas. Logo na altura, verifiquei que a equipa da UAE tinha andado por lá a rondar...


No audioshow a electrónica Luxman será ainda apresentada num show paralelo na sala da Gryphon, provavelmente com colunas Marten e, claro, com as GoldenEar Triton One.


Can't wait.

Alimentadas por um Luxman L-507 uX integrado, as Gato não miam, rosnam...

Alimentadas por um Luxman L-507 uX integrado, as Gato não miam, rosnam...

Finalmente, no auditório 'secreto' da UAE escondido estava o gato, refiro-me, claro, às pequenas monitoras de 2-vias da Gato Audio, alimentadas pelo integrado Luxman L507uX, que é para mim o mais bem conseguido esteticamente, talvez pela simetria clássica, ou talvez pelos vuímetros azuis..., que, segundo Jorge Gaspar - e Kawakami san confirmou - identificam o funcionamento em Classe A/B, enquanto a tonalidade âmbar foi atribuida em função da polarização em Classe A. Na linha da frente, um streamer Melco atacava (ou melhor, afagava um DAC DA-200 (24-bit/192kHz DAC with two line level analogue inputs, two S/PDIF digital inputs plus a dedicated 24-bit/96kHz USB input to support PC and Mac).

Luxman L 507uX Integrated: Easy On the Ear, Easy On the Eye and Easy On the Soul

Luxman L 507uX Integrated: Easy On the Ear, Easy On the Eye and Easy On the Soul

Reportagem fotográfica


Em baixo, os leitores podem apreciar a reportagem fotográfica integral, em formato de slideshow HD, dependendo a resolução da velocidade da net e da qualidade da placa gráfica.


Nota: Embora ao passar com o cursor do rato sobre as fotos estáticas seja possível aumentá-las clicando na lupa, o visionamento do slideshow em full screen 1080p ou mesmo 2K tem sempre uma qualidade superior.

Terry Kawakami posa no auditório principal da UAE em Lisboa junto da sua prole

As Gryphon Trident II fazem guarda-de-honra à Luxman,com a última obra prima de Rui Barros de sentinela para o que der e vier.

Luxman M700 u Ultimate (120W per channel into eight ohms and 210W per channel into four ohms, achieving up to 840W per channel into one ohm instantaneously)

Luxman Super Audio CD Player D-05

TAD Reference One+Luxman M900u+C900u+DA-06

Luxman M900 u Ultimate: 150W s/8 Ohm, com a capacidade de 600W s/8Ohm em configuração monofónica em ponte.

Stenheim Reference Ultime, alimentadas por CH Precision, vão ser as vedetas do espectáculo da UAE no audioshow 2016

Alimentadas por um Luxman L-507 uX integrado, as Gato não miam, rosnam...

Luxman L 507uX Integrated: Easy On the Ear, Easy On the Eye and Easy On the Soul