Notícias

imacustica - o imperio dos sons

Manuel Dias e Conceição Ferreira, numa pose institucional para a foto comemorativa dos 30 anos da Imacustica.(clique com o rato sobre a foto para aumentar)

Manuel Dias e Conceição Ferreira comemoraram os 30 anos da Imacústica com uma grande festa na loja de Lisboa, o sorteio de uma 'bola' Phantom e 4 estreias europeias. 


Querem vê-los felizes? É a receber os amigos e a mimar os clientes, com a hospitalidade e gastronomia (vinhos incluídos) das gentes do Norte, e a qualidade audiófila das gentes do Mundo.


Diz-se que é com festas e bolos que se enganam os tolos. Tolo é todo aquele que não sabe apreciar a excelência do serviço da Imacustica, a inovação, a novidade e - também, admito - a exclusividade, porque o highend não está, hélas, ao alcance de todos e tem um público muito específico e culto, apesar dos meritórios esforços para alargar o âmbito a um público mais vasto e diferenciado.


Mas já está ao alcance de todos uma simples visita à Imacustica para poder apreciar sem compromisso o que de melhor a indústria do áudio produz hoje em dia.


Mais do que uma forma de vida, a Imacustica é uma forma de estar na vida. E tem sido assim há 30 anos.


Com tudo o que isso implica de atendimento personalizado e especializado; apoio permanente e vitalício, porque os clientes são amigos para a vida; flexibilidade negocial para evoluir na busca incessante e sinuosa do Graal, com apresentação de novidades constantes e upgrades de modelos e colecções dos melhores fabricantes do mundo; garantia da estabilidade financeira e emocional do comprador: sem exigências absurdas, imposições de última hora e pressão na hora de decidir: sente-se, relaxe, oiça, avalie, compare, discuta, critique, sugira. Nas melhores condições acústicas, em estúdios e auditórios de nível internacional.


Volte depois com dúvidas ou uma decisão já tomada, convicta, firme, consciente, sentida. E com sentido.


Na imacustica apenas lhe apontam a direcção certa, o caminho é feito pelo próprio cliente, caminhando pelo trilho musical que leva ao Império dos Sons. Pode voltar sempre à casa de partida, optar por ficar a meio do percurso ou instalar-se definitivamente no Palácio da Música.


O tratamento é igual para todos. Sem discriminações. Sem paternalismos. Sem juízos de valor - e de valores. Democraticamente. Mesmo quando se sabe que haverá sempre clientes que são mais iguais que outros. Ou que há grandes diferenças entre produtos aparentemente iguais.


É esta a arte da Imacústica: tratar como igual quem é diferente, para que assim todos se sintam como iguais, quando são pedagogicamente confrontados com a diferença entre produtos e preços.


Tanto os que ficam felizes por participarem no sorteio grátis de uma 'bola' Phantom, como os felizardos que podem comprar uma das quatro estreias europeias absolutas em exibição na loja de Lisboa.


And The Phantom goes to...

Manuel Dias e Pedro Duarte com Cândida Fernandes, a feliz contemplada com a Devialet Phantom.

Manuel Dias e Pedro Duarte com Cândida Fernandes, a feliz contemplada com a Devialet Phantom.

O sorteio da Devialet Phantom foi o culminar de dois meses de comemorações dos 30 anos da Imacústica. A Imacústica contratou para o efeito Rui Unas, uma figura pública do audiovisual, que tem uma enorme corte de seguidores no Facebook que respondeu à chamada quase como um reflexo condicionado mediático, tentando assim abrir as portas do mundo audiófilo a um público diferente, tal como Mauro Grange o fizera antes junto do mundo da moda e da música para lançar os auscultadores Pryma.


A opção por 'alguém de fora' pode ser discutível, por se tratar de um 'corpo estranho' ao 'círculo virtuoso' (ou será vicioso?) do áudio. O fenómeno audiófilo é de natureza entrópica e elitista, e é normalmente abordado pela imprensa especializada como aquilo que, de facto, é: um fenómeno cultural, cuja compreensão exige... cultura e, no caso específico do highend, dinheiro - muito. Logo dois factores que não são facilmente 'popularizados', por muito entusiasta que seja a reacção popular a novas iniciativas.


Contudo, todas as tentativas para agitar o remanso das águas pantanosas dos círculos audiófilos bem-pensantes e conservadores são bem vindas porque, além da questão cultural e económica, somos hoje confrontados também com a questão demográfica, e é preciso 'rejuvenescer' a tribo audiófila, ou corremos o risco de extinção.


E se temos de começar por algum lado que seja nos produtos (relativamente) acessíveis.


Os amigos de Alexx

Manuel Dias com Ricardo Franassovici, o seu mentor internacional, amigo e sócio, que o acompanhou desde o primeiro dia nesta viagem maravilhosa pelo mundo do áudio highend.

Manuel Dias com Ricardo Franassovici, o seu mentor internacional, amigo e sócio, que o acompanhou desde o primeiro dia nesta viagem maravilhosa pelo mundo do áudio highend.

Manuel Dias e José Filipe (Viasónica), um amigo e parceiro de longa data, colaborante e concorrente, segundo a ética empresarial entre pessoas de bem.

Manuel Dias e José Filipe (Viasónica), um amigo e parceiro de longa data, colaborante e concorrente, segundo a ética empresarial entre pessoas de bem.

Pelo facto de a Imacústica ter apresentado no âmbito das festividades dos 30 anos, quatro estreias europeias (já lá iremos), entre elas as colunas Wilson Audio Alexx, não resisti à tentação de utilizar este título, embora o motivo da reunião de amigos seja aqui bem mais auspiciosa que a narrada no filme do mesmo nome de Lawrence Kasdan (1983).


No filme, é a morte que funciona como catalisador de uma mudança nas relações interpessoais. Aqui trata-se de 30 anos de vida de uma empresa e da sua continuidade que se deseja e celebra.


Mas todas as ocasiões são boas para juntar os amigos. E é nisso que o Manuel e a Conceição são inexcedíveis de carinho e atenção: ou seja, nas relações pessoais que, ao contrário das questões técnicas, não trazem manual de utilizador.


Portugal 4, Alemanha 0


Normalmente, são onze para cada lado e no fim ganha a Alemanha. Ao menos que no áudio Portugal consiga dar 4 à Alemanha.


Na loja da Imacústica de Lisboa, havia pelo menos quatro produtos que têm vindo a ser anunciados como estreias europeias absolutas no HighEnd Show 2016, de Munique, que se realiza de 5 a 8 de Maio, e sobre o qual vai poder ver/ouvir/ler tudo aqui no Hificlube, na reportagem exclusiva que vamos publicar.


A saber:

Wilson Audio Alexx com amplificação Dan D'Agostino Momentum. A mais recente obra de Daryl Wilson soa como uma Sabrina gigante mais relaxada e relaxante que a prole do pai Dave, sem o tradicional ênfase no grave superior e no agudo inferior, e com melhor extensão do grave.

Wilson Audio Alexx com amplificação Dan D'Agostino Momentum. A mais recente obra de Daryl Wilson soa como uma Sabrina gigante mais relaxada e relaxante que a prole do pai Dave, sem o tradicional ênfase no grave superior e no agudo inferior, e com melhor extensão do grave.

Magico S5 MkII com amplificação Constellation. Alon Wolf continua a melhorar o que já era perfeito, provando que a perfeição é uma quimera inalcançável.

Magico S5 MkII com amplificação Constellation. Alon Wolf continua a melhorar o que já era perfeito, provando que a perfeição é uma quimera inalcançável.

Magico S1 MkII com amplificação Devialet. Se estava a pensar comprar um par vai ter de encomendar porque este já está vendido...

Magico S1 MkII com amplificação Devialet. Se estava a pensar comprar um par vai ter de encomendar porque este já está vendido...

Sonus Faber Principia Collection - hifi for the masses. Ou as Chameleon que não mudam de cor.

Sonus Faber Principia Collection - hifi for the masses. Ou as Chameleon que não mudam de cor.

Num outro auditório, tocavam as maravilhosas Sonus Faber Il Cremonese, que eu considero a melhor obra de sempre de Paolo Tezzon, e que só não 'marcaram mais um golo ' na baliza da Alemanha, porque já tinham sio apresentadas no Festivalon&Image 2015, de Paris; e de novo demonstradas por Paolo himself na WOM Townhouse, em Nova Iorque (clicar sobre o nome para abrir).

Sonus Faber 'Il Cremonese' com amplificação Devialet D900 (Original d'Atelier)

Sonus Faber 'Il Cremonese' com amplificação Devialet D900 (Original d'Atelier)

E para quem acha que tudo soa 'igual ao litro' que tal começar pelos cabos Nordost?

E para quem acha que tudo soa 'igual ao litro' que tal começar pelos cabos Nordost?

Also Sprach Zarathrusta


Finalmente, o slideshow que realizei expressamente para esta ocasião, com fotos em alta resolução 4K de todos os protagonistas, que podem abrir e/ou partilhar à vontade no You Tube e no Facebook.


Nota: Sempre que possível abra em full screen e seleccione no You Tube a resolução máxima 4K para garantir a melhor qualidade de imagem.

Parabéns à Imacústica pelo 30º Aniversário!

Manuel Dias e Conceição Ferreira, numa pose institucional para a foto comemorativa dos 30 anos da Imacustica.(clique com o rato sobre a foto para aumentar)

Manuel Dias e Pedro Duarte com Cândida Fernandes, a feliz contemplada com a Devialet Phantom.

Manuel Dias com Ricardo Franassovici, o seu mentor internacional, amigo e sócio, que o acompanhou desde o primeiro dia nesta viagem maravilhosa pelo mundo do áudio highend.

Manuel Dias e José Filipe (Viasónica), um amigo e parceiro de longa data, colaborante e concorrente, segundo a ética empresarial entre pessoas de bem.

Wilson Audio Alexx com amplificação Dan D'Agostino Momentum. A mais recente obra de Daryl Wilson soa como uma Sabrina gigante mais relaxada e relaxante que a prole do pai Dave, sem o tradicional ênfase no grave superior e no agudo inferior, e com melhor extensão do grave.

Magico S5 MkII com amplificação Constellation. Alon Wolf continua a melhorar o que já era perfeito, provando que a perfeição é uma quimera inalcançável.

Magico S1 MkII com amplificação Devialet. Se estava a pensar comprar um par vai ter de encomendar porque este já está vendido...

Sonus Faber Principia Collection - hifi for the masses. Ou as Chameleon que não mudam de cor.

Sonus Faber 'Il Cremonese' com amplificação Devialet D900 (Original d'Atelier)

E para quem acha que tudo soa 'igual ao litro' que tal começar pelos cabos Nordost?