Notícias

ces 2014 innovation awards

Acurus’ ACT 4 preamplifier/processor

Num artigo intitulado “A estupidez dos Globos de Ouro” (DN 22 de Dezembro), João Lopes comenta o artigo irónico original de Peter Travers, “The Dumb & Dumber Golden Globes, publicado na revista Rolling Stone, sobre o tema das nomeações dos filmes para os referidos Globos pela Associação da Imprensa Estrangeira de Hollywood, que, e cito, pratica “ginástica conceptual” para “encaixar” filmes dramáticos em categorias de comédia/musical, como American Hustle, de David O. Russell e The Wolf of Wall Street, de Martin Scorsese, e A Propósito de Llewyn David, dos irmãos Cohen, ao mesmo tempo que ignoram verdadeiras comédias, como This Is the End e Enough Said e se esquecem de Woody Allen e Martin Scorsese para Melhor Realizador.


A tal “ginástica conceptual”, praticada por apenas 90 membros da Associação, consiste em tranformar apenas duas categorias abrangentes Drama/Comedy num albergue espanhol, de forma a garantir que “estatisticamente” se torna muito improvável que alguns dos filmes nomeados para os Globos não o sejam também para os Óscares, que têm 6 000 votantes oficiais, ainda que, tal como em democracia, mais votantes nem sempre signifique uma boa escolha...


Porque é, no fundo, esta “previsão fidedigna”, que antecipa os Óscares, e pouco difere da do polvo que adivinhava o resultado dos jogos do Mundial, que dá estatuto aos Globos, cuja transmissão pela televisão para todo o mundo com pompa e circunstância do folclore da passadeira vermelha vale milhões em vendas e publicidade.


E cito Travers, a partir da tradução publicada no artigo de João Lopes:


'A Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood que atribui estes vibradores dourados é, basicamente, uma anedota.'


Não quero meter a foice em seara alheia, e só faço esta introdução por dois motivos.



  1. O artigo sobre o mesmo tema que publiquei no Hificlube, em 16 de Dezembro, intitulado “Hificlube: Best Of 2013”, cuja leitura aconselho aos menos atentos.

  2. A divulgação da lista de finalistas da CES 2014 Innovation Awards  na categoria de High Performance Home Audio.


E cito do artigo de João Lopes:


'Por mim, direi mesmo que estou longe de me reconhecer na sua (de Peter Travers) visão dos atuais blockbusters de Hollywood. Seja como for, não são as normais nuances subjectivas que estão em causa. O que se discute é a perceção artística do cinema americano'.


Ora eu penso exactamente o mesmo sobre a lista dos finalistas na categoria de High Peformance Home Audio.


Não está em causa a qualidade dos componentes seleccionados, muito menos as nuances subjectivas, até porque não devo pronunciar-me sobre o que não conheço, nunca ouvi ou testei.


O que se discute é a “percepção artística” do conceito de High Performance Home Audio que leva o júri (ao qual eu já pertenci...) a considerar audio highend alguns dos finalistas.


Seria cómico se não fosse dramático...


 

Auralic’s GEMINI 2000 Headphone Dock

Auralic’s GEMINI 2000 Headphone Dock

Bang & Olufsen (B&O) BeoLab 18

Bang & Olufsen (B&O) BeoLab 18

D’Agostino’s Momentum preamplifier

D’Agostino’s Momentum preamplifier

Definitive Tech’s Mythos ST-L

Definitive Tech’s Mythos ST-L

Libratone Loop

Libratone Loop

Prima Cinema

Prima Cinema

Sharp WISA Player

Sharp WISA Player

Shure VP 83F microphone

Shure VP 83F microphone

Sony AP-Z1ES Hi-Res Audio

Sony AP-Z1ES Hi-Res Audio

All photos courtesy of CES/CEA (all rights reserved)

Lista final de vencedores em todas as categorias (clique aqui)

Acurus’ ACT 4 preamplifier/processor

Auralic’s GEMINI 2000 Headphone Dock

Bang & Olufsen (B&O) BeoLab 18

D’Agostino’s Momentum preamplifier

Definitive Tech’s Mythos ST-L

Libratone Loop

Prima Cinema

Sharp WISA Player

Shure VP 83F microphone

Sony AP-Z1ES Hi-Res Audio