2006

Ii Forum Hifi Event: Feira De Áudio E Vídeo




O meu apoio editorial a esta iniciativa é apenas de carácter informativo, tratando-se de uma jornada de promoção ao áudio e ao vídeo, áreas nas quais tenho vindo a desenvolver trabalho jornalístico nos últimos vinte anos. Só por isso não podia deixar de estar presente.



O Forum Hifi Event é uma iniciativa interessante, na medida em que permite, finalmente, dividir o ano audiófilo nacional em duas partes distintas: a apresentação das colecções Outono/Inverno, em Outubro, no Audioshow; e agora a Primavera/Verão, em meados de Maio, como acontece em Munique, com o HighEnd Show, cuja reportagem será também publicada em directo e exclusivo no Hificlube.



Isto sem prejuízo de o Hificlube vir no futuro a promover um certame de Highend puro e duro, com participação totalmente gratuita, tanto para os distribuidores como para o público…



Numa época de crise, o facto de os custos de participação dos distribuidores serem muito mais baixos que no Audioshow (presumo que sejam, não disponho de números), funciona como um balão de oxigénio para um mercado algo moribundo. Também não conheço o Hotel Villa Rica, que se situa na Av. 5 de Outubro, 295, mas o cuidado posto na escolha da sala única do I Fórum Hifi Event (boa acústica), no Hotel Açores, leva-me a acreditar que as condições serão acima da mediocridade “pladurística” a que o Audioshow nos habituou.



Por outro lado, embora não se espere uma afluência de público semelhante à que se verifica todos os anos no ISCTE (que tem vindo a decrescer), houve evidente cuidado na escolha das datas: a entrada é livre e não há futebol (só no Domingo, e vem muita gente do Porto para ver a final da Taça). Apenas a praia (algumas famílias vão arrastar consigo o pater famílias, impedindo-o de cumprir o seu dever audiófilo); e o fervor religioso (meio milhão de pessoas em Fátima) poderão roubar público - e, claro, o cada vez maior desinteresse por tudo o que não seja MP3 de borla, carros caros, gajas fáceis e copos indiferenciados…



A escolha do horário também é interessante, porque se situa entre duas refeições, e sabe-se como, quando se aproxima a hora do jantar, o pessoal prefere comer a ouvir música…



No meu caso pessoal, tenho compromissos profissionais, mas tentarei estar presente em ambos os dias, tanto mais quanto muitos dos participantes do Forum Hifi são também leitores do Hificlube.



AJASOM, ARTAUDIO, AUDIOTEAM, DELAUDIO, ESOTÉRICO, IGNÁTIA, INFIDELIDADES, INTERLUX, MERCAUDIO, QUADROS & VENTURA


10 salas, 10 distribuidores/revendedores, 10 sistemas



É esta a ideia que está na base da iniciativa: permitir aos visitantes usufruir de uma sequência de audições de 10 sistemas diferentes, montados e afinados pelos próprios distribuidores, ao contrário do que sucedeu no I Forum Hifi Event, no qual a organização era também responsável pela escolha e montagem do equipamento numa única sala. Seria também interessante que, pelo menos um dos discos utilizados nas audições, fosse comum a todas as salas, um dos “samplers” da Burmester, por exemplo.



Claro que, como sempre acontece, e tendo em conta a elevada concentração de marcas em poucos distribuidores nacionais, irão estar presentes dezenas de novos modelos, incluindo algumas estreias:



Jorge Gaspar, da AudioElite, informou-me por email que, em colaboração com a Infidelidades vai apresentar os novos YBA Design (ver reportagem CES 2006), as Vienna Acoustics Mozart Grand, Maestro Grand e Haydn Grand (cujo teste podem ler aqui no Hificlube), além do “subwoofer” SUBSON.



A Esotérico, que antecipa a sua participação, nos dias 11 e 12, para apresentações a profissionais, vai exibir as Jamo Reference 909 (um modelo “open-air”) com amplificação NAD Master Series.



A Delaudio apresenta-se com os Advance Acoustics (ver Reportagem nos Artigos Relacionados).



Soube ainda que a Interlux vai apresentar o sistema que for mais votado pelos participantes do Forum Hifi. Ora, bolas!, grande Gallo...



E, claro, a ARTAUDIO também vai lá estar como o sistema Sonus ZP80, os Rotel 06 e os NUForce. Sobre estes esclareço desde já, agora que tenho os Reference 9.02 aqui comigo para teste, que tudo o que escrevi sobre o seu desempenho (ver Artigos Relacionados) é pouco. Estamos perante uma revolução no campo da amplificação de Classe D - e o D não significa necessariamente “digital”…



Nota: mais informações detalhadas serão aqui divulgadas à medida que me forem sendo enviadas pelos distribuidores.