2006

Highend Show - Porto - 2006: A Tribo



Foto obtida na Sala Ajasom/Meridian (ao centro um grande audiófilo: João Jarego)


Os Audiófilos são uma tribo, cuja razão de existir é a busca incessante do Graal Sónico. Têm rituais e linguagem própria só acessível aos iniciados, e gurus nacionais e internacionais que, com mais ou menos interesses ocultos, e nem sempre com rectidão ética, os guiam pelos caminhos ínvios da reprodução sonora - e muitos, muitos especialistas de bancada.



No fundo, não é muito diferente do futebol que, enquanto fenómeno cultural de massas, pode ser discutido por todos, mesmo quando é praticado por poucos.



Por vezes, a “tribo” reúne-se em hotéis de luxo, em assembleias abertas ao público, para demonstrar o “highend”, leia-se, a nata dos equipamentos de áudio e vídeo.



No primeiro HighEnd Show da cidade Invicta, que se realiza hoje, Sábado 18, e amanhã, Domingo 19, no Hotel Sheraton-Porto, vai poder ouvir (e ver filmes em Blu-Ray!), sem qualquer compromisso, das 15 às 21 horas, sozinho ou acompanhado pela namorada, amigos e família, incluindo os miúdos, aparelhagens de som e imagem que provavelmente nunca poderá comprar: há sistemas em demonstração no valor de 200 000 euros!



A entrada é livre e esta é uma forma lúdica e cultural de passar a tarde na Invicta, submetendo os sentidos ao que de melhor se fabrica no mundo em electrónica de consumo.



É assim como uma mostra de vinhos estrangeiros de qualidade onde nos dão a provar à borla pomadas que nunca nos passaram pelo estreito, mas cuja embriaguez é acústica e visual. O único efeito secundário conhecido é uma vontade incontrolável de atirar depois pela janela fora a aparelhagem que lá tem em casa…