2003

As Coisas Que Eu Sei Iii



BOB DYLAN


O lançamento da edição integral de 15 SACD da obra de Bob Dylan está previsto para 16 de Setembro. Todos os discos serão híbridos. Seis serão SACD-Multicanal, estando a masterização a cargo de George Marino. A masterização dos SACD-Estéreo, obtidos a partir das matrizes analógicas originais é da responsabilidade de Greg Calbi, que manteve o sinal sob formato analógico até a o estágio final de transcrição para DSD.

Um sampler» com sete faixas multicanal será fornecido a quem comprar a edição especial da banda sonora do filme Masked and Anonymous, no qual Dylan desempenha o papel de um velho «rocker» que volta ao activo num concerto de solidariedade.

Os leitores podem ouvir aqui excertos da banda sonora.



SACD II


O DVD Forum tenta desperadamente encontrar uma solução técnica para a criação do DVD-Audio híbrido, isto é, compatível também com os leitores-CD (ainda não conseguiram resolver o problema da espessura dos discos).


Do outro lado da barricada, o SACD tenta reduzir a margem de manobra do DVD-Audio, e fala-se já do SACD II (imediatamente desmentido pela Sony, mas não há fumo sem fogo).

Eu já tinha levantado esta hipótese quando falei com Yoshihisa Mori no HighEnd de 2002 (Mori limitou-se a sorrir...).

O SACD II tem um novo sistema anticópia e explora as potencialidades vídeo do formato (imagens, letras das canções, etc.). Acontece que só é compatível com os leitores híbridos DVD/SACD. Não admira que a Sony tenha desmentido a hipótese...



ARTAUDIO


Passou a representar a Sherwood, uma marca com pergaminhos e meio século de vida. A aposta principal da Sherwood é no Cinema Em Casa com soluções topo de gama e económicas para todas as necessidades do AV doméstico: 5 Receivers AV, 3 DVD, 2 Receivers com DVD incorporado, e conjuntos de colunas que cobrem literalmente todo o espectro do AV acessível com packages completos abaixo dos €1.000 (ver foto).


No áudio 2 canais: 2 amps integrados, 2 leitores-CD, Tuner, 2 Mini-sistemas, um igualizador e, pasme-se!, um duplo deck de cassettes.


Distribuidor: Artaudio

INTERLUX


Colunas especiais para clientes especiais. A Accustic Arts oferece agora a opção por acabamentos ao gosto do freguês dos seus modelos mais populares: negro-piano, cerejeira, pereira, etc. Nem só do prazer auditivo vive o audiófilo...


Interlux@mail.telepac.pt



IMACÚSTICA


Anuncia o auspicioso desembarque na lusitana praia do leitor-SACD Krell Standard e do novo amplificador integrado KAV 400xi:



SACD Standard


Foi em Las Vegas que a Krell fez a apresentação do seu primeiro leitor de SACD (ver Festa Privada in Notícias).


«Como fonte, o SACD, oferece mais informação, mais música, para além de ser um suporte apenas musical. Optamos por este formato desde o início porque, tal como a Krell, o SACD está concentrado na melhoria da reprodução da arte musical. O circuito Current Mode parece ter sido feito à medida para a extraordinária amplitude de banda do SACD», disse Dan D'Agostino.


O design exclusivo do chassis-in-chassis do SACD Standard permite um funcionamento ultra-estável do disco ao amortecer as vibrações induzidas pela electrónica. Fontes de alimentação separadas para os circuitos analógico e digital. O transformador toroidal de alimentação, desenvolvido especificamente, garante uma enorme capacidade de corrente e um funcionamento de baixo ruído para o circuito analógico. Vários níveis de regulação asseguram um fornecimento de energia estável a todos os andares de ganho, contribuindo assim para o máximo impacto dinâmico. O andar de saída Krell Current Mode possui uma amplitude de banda utilizável que excede 1 MHz e reproduz até ao mínimo detalhe disponível no formato SACD, enquanto uma nova saída multicanal permite pela primeira vez usufruir do som de seis canais a partir de uma fonte Krell.



KAV-400xi


Apresentado em estreia mundial no HighEnd Show de Frankfurt (ver Reportagens), KAV-400xi incorpora tecnologia que deriva do projecto de amplificadores da série Full Power Balanced X, o que aumenta as capacidades na amplitude de banda, tanto na secção de pré-amplificação como na secção de amplificação. Este aperfeiçoamento prepara o KAV-400xi para o SACD que funciona numa gama de frequências tão alta como 180kHz. A secção de pré-amplificação do KAv-400xi tem um controlo de volume rotativo de precisão que está ligado a uma secção de amplificação com 200 watts por canal a 8 ohms por canal (400 watts a 4 ohms).



AUDIO RESEARCH VSi-55


A Audio Research continua na sua saga de democratizar o som de válvulas de alta definição. O integrado VSi-55 é o novo rebento da linha VS que se iniciou com os amplificadores VS-55 e VS-110, modelos que apostam no despojamento visual para garantir a mesma qualidade acústica a um preço mais acessível.


Com uma potência de saída de 50 watts por canal, o VSi-55 tem 35,5 cm de largura, 20,3 cm de altura e 40,6 cm de profundidade, sendo 2,5 cm mais alto e 5 cm mais profundo do que o VS-55.


O controlo remoto fornecido controla todas as funções incluindo ligar/desligar, mute, stereo/mono, selecção de entradas e regulação de volume (não existe um pass-through para processador ou trigger de 12V).


O painel traseiro do chassis possui 5 pares de entradas do tipo single-ended com a designação CD, Tuner, Vídeo, SE1 e SE2, uma saída mono (full-range) para subwoofer, voltímetros para a leitura do bias (polarização), ligações de cinco vias para 2, 4 e 8 ohms e um cabo de alimentação destacável. Como opção, existe uma cobertura superior perfurada, específica do VSi55.


A secção de controlo do VSi55 é passiva, utilizando relés controlados por microprocessadores. O circuito activo é basicamente o utilizado no VS-55, mas com um ganho superior em 7dB contribuindo para uma maior sensibilidade (.38 V). O VSi-55 utiliza a mesma entrada Classe A (com uma alimentação DC regulada) e andares de ganho que utilizam 3 válvulas 6N1P e andares de saída Class AB com acoplamento cátodico parcial com dois pares de válvulas 6550EH.


Para mais informações: Imacústica