2003

Aprenda A Navegar No Hificlube



Este é um sonho tornado realidade: poder finalmente partilhar uma parte ainda que limitada da minha «obra audiófila» (a que se salvou!) também com aqueles que, não sendo leitores habituais de jornais e revistas, gostam tanto de hifi como de navegar na net. O hificlube está pois aberto a todos, audiófilos ou simples curiosos, que passam assim, a partir de hoje, a ser sócios honorários com pleno direito a usar da palavra na assembleia geral do espaço cibernáutico: para criticar, para opinar, para perguntar.


A página www.hificlube.net é de uma simplicidade extrema. Tal como no áudio, são sempre as soluções mais simples que dão os melhores resultados. A navegação é intuitiva e rápida: para ter acesso aos artigos basta clicar em qualquer ponto da foto ou do texto. Uma vez aberto o documento, se voltar a clicar na foto, salta-lhe de imediato aos olhos um «pop-up» de maiores dimensões para melhor a apreciar.

Do mesmo modo, se clicar nos banners publicitários tem acesso directo à página do anunciante.


O conteúdo das diferentes secções é óbvio: Notícias, Reportagens, Correio, etc., e irá sendo preenchido à medida que as notícias chegarem, as novidades surgirem ou os artigos forem sendo desenterrados da poeira do tempo. Sempre tentei que a minha escrita fosse intemporal, já que o objecto que a inspira tem tendência para fenecer depressa na voragem do progresso tecnológico. E, se é verdade que alguns artigos não perderam actualidade, porque tratam da essência do fenómeno áudio, outros mais técnicos irão despertar apenas um sorriso de condescendência ao leitor.


Na Audiofilia Aguda pode reler artigos recentes publicados no Suplemento DNA do Diário de Notícias.
Na Audiofilia Crónica, estão alguns dos artigos publicados na revista dominical Notícias Magazine, comum ao Diário de Notícias e ao Jornal de Notícias.


O Arquivo, devidamente catalogado por géneros, é o sotão, onde se vai acumulando um pouco de tudo ao acaso: não se limpa o pó a 20 anos de «escrítica» audiófila assim de um dia para o outro. Vamos devagar ao sabor da memória: grão a grão, artigo a artigo, começando pelos mais recentes, que a tecnologia digital sofre de velhice precoce e não pode esperar muito; ou pelos artigos de que eu gosto mais; ou apenas porque os encontrei milagrosamente a salvo depois de sucessivos e angustiantes crashes informáticos sem ter tido o cuidado de me proteger com o pára-quedas dos «back-ups».


Se um determinado artigo não está à vista, não signifca que não está lá. Vá à pesquisa que talvez encontre o que procura. Basta escrever uma palavra-chave: a marca ou modelo do produto, por exemplo. Na dúvida, escreva uma palavra qualquer relacionada com áudio: cabo, coluna, dvd, sacd, estéreo, audiofilia, etc. e logo surge no ecrã um menu variado a partir do qual pode iniciar a sua viagem de circumnavegação. Ou digite algo abrangente como DNA ou Notícias Magazine. Ou mais prosaico e genérico como «artigo». Experimente, por exemplo, introduzir a palavra «Reportagem» no campo de pesquisa; ou, mais especificamente, Frankfurt, Las Vegas, Nova Iorque, só para ver o que acontece. Se é um romântico, arrisque a palavra «paixão», porque é de amor pelo hifi que se escreve aqui. Sem falsa modéstia, informo ainda que, se escrever o meu nome na pesquisa, tem acesso directo a todos os artigos sem excepção. E, se escrever uma letra apenas, o motor de busca indica-lhe os conteúdos começados por essa letra


A partir daqui basta seguir o caminho das pedrinhas, jogando com os «artigos relacionados» no fim de cada texto seleccionado. Em desespero de causa, pode sempre enviar um email a pedir socorro ou a solicitar a publicação de um artigo particular. Se eu o encontrar no baú do meu computador, prometo que o disponibilizo logo que possível.


Entre a foto e a indicação do jornal ou revista onde o artigo foi originalmente publicado pode, em muitos casos, ver um pequeno logotipo: clique e terá acesso à versão original em pdf, tal como foi publicada na imprensa. Se não tem banda larga, alguns pdf mais pesados podem tornar-se algo lentos a abrir. O melhor é nem tentar. Mas se tem tempo e paciência para esperar vai valer a pena: as fotoreportagens das feiras e hifishows publicadas no «Especial Sons», incluindo a reprodução da capa original, só estão disponíveis na versão pdf, página a página. Se perdeu as reportagens de Nova Iorque e Frankfurt ou o CES2003, de Las Vegas, esta é a sua grande oportunidade de as encontrar à distância de um clique do rato e ao ritmo do «scroll». Utilize o zoom para facilitar a leitura ou melhor apreciar as fotografias exclusivas.


Use (mas não abuse dos direitos de autor!) e envie o endereço aos seus amigos, em especial aos que vivem e estudam no estrangeiro. E depois contacte-me para eu saber se lhe deu tanto prazer a (re)ler como eu tive a escrever e se navegou sem incidentes de percurso.

Nota: O Acrobat Reader é necessário para visualizar as páginas originais em pdf: se não o tem já no seu computador, basta fazer o download grátis, clicando no link.